Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1034
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Lula defende a imprensa

Por Alberto Dines em 24/10/2006 na edição 335

‘Eu sou o que sou por causa da imprensa.’ E o presidente-candidato Lula foi adiante: ‘Eu sou o resultado da liberdade de imprensa’.


O debate organizado pela Record ontem [23/10] à noite foi o melhor dos três. A diferença foi produzida pelas perguntas dos três jornalistas, sobretudo as do jornalista Bob Fernandes, que obrigou o presidente Lula a encerrar a irracionalidade que domina os bastidores da mídia e ameaça transbordar perigosamente para o resto da sociedade.


A mídia apareceu muito nos palanques, mas esteve ausente dos debates. Agora a situação se reverte. As duas afirmações do candidato-presidente em defesa da imprensa vão certamente desarmar o clima de linchamento que estava sendo montado.


Mas o presidente pisou na bola quando lembrou a necessidade de uma comissão para fiscalizar o conteúdo da TV aberta. Seu governo recusou-se a promover uma revisão dos horários da programação televisiva e, pior, esvaziou completamente o Conselho de Comunicação Social.


Lula teve razão ao reclamar contra a concentração da mídia num determinado Estado. Referia-se ao Rio Grande do Sul. A Rede Globo terá que rebolar para dar ao último debate, na próxima quinta-feira, a mesma animação dos blocos finais do debate de ontem à noite na Record.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem