Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

JORNAL DE DEBATES > COBERTURA ELEITORAL

O atentado de Campo Grande

Por Luciano Martins Costa em 21/10/2010 na edição 612

Foi mais ou menos como num jogo de futebol: o zagueiro encosta no atacante, o atacante se atira dentro da área, rolando, se contorcendo, na esperança de que o árbitro apite um pênalti. Mas as câmaras são soberanas. Elas mostram que o zagueiro mal tocou no centroavante, que o atacante se atirou, que não está machucado, que está simulando. Ainda assim, alguns narradores gritam: ‘Pênalti!’. E no dia seguinte, os analistas vão bater boca o dia inteiro: foi, não foi, o juiz acertou, o juiz roubou.


Na cena reproduzida pelo Jornal da Record, o candidato José Serra vem caminhando, sorridente, pela rua do comércio de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Vem cercado de correligionários e seguranças. Mais adiante, seu caminho está bloqueado por uma passeata de petistas, que podem ser identificados por suas bandeiras vermelhas.


A comitiva do candidato oposicionista segue na direção dos adversários, arma-se um rápido entrevero, no qual um petista é agredido por três acompanhantes do candidato Serra, que está abrigado à porta de uma loja.


Apartam-se as brigas, Serra retoma a caminhada.


Então, alguma coisa o atinge na cabeça.


Pela câmara da TV Record, observa-se que o candidato apenas passa a mão na cabeça, constatando que não está ferido. É levado, então, por seus acompanhantes para um hospital.


Corta para o médico que o atendeu. A frase é clara: ele não tem nem um arranhão. A reportagem esclarece: o candidato foi atingido por um rolinho de plástico, um desses adesivos de campanha amarrotado.


Agora, a mesma cena no Jornal Nacional, da TV Globo: tudo quase igual, exceto no momento em que José Serra é atingido. Substitui-se, então, a imagem em movimento, que mostra apenas um susto da vítima, por uma fotografia, tirada de cima para baixo, de efeito muito mais dramático.


Quando chega o trecho da entrevista do médico, sua voz desaparece e em lugar da versão oficial do hospital entra o locutor, que apaga a informação de que o canditado não sofreu sequer um arranhão e a substitui por uma versão mais grave. A encenação se completa com o candidato sendo entrevistado, sob uma tensa luz azulada, com olhar de vítima.


Simulando uma contusão


O episódio, condenável sob todos os aspectos, deve, no entanto, ser visto como resultado da irracionalidade e radicalização da campanha eleitoral.


Mas as versões apresentadas pela imprensa merecem uma análise à parte.


Uma curiosidade: quem teria descido do Olimpo global para comandar a edição de tão importante reportagem? Que critérios do manual de ética e jornalismo da Rede Globo foram brandidos para justificar a transformação de um episódio banal, mais do que esperado no ambiente de conflagração que os próprios candidatos andaram estimulando, em uma crise republicana?


As evidentes diferenças nas edições do Jornal Nacional, muito mais dramático, e do Jornal da Record, que tratou o episódio com mais naturalidade, sem deixar de condenar os excessos de militantes, têm a ver com jornalismo ou com engajamento eleitoral?


No boletim online do Globo, distribuido às 14h18 da quarta-feira, ‘Serra é agredido durante enfrentamento de militantes em ato de campanha no Rio’.


Na edição de papel, primeira página do Globo, ‘Serra é agredido por petistas no Rio’. No complemento, a informação alarmante: por orientação médica, o candidato cancelou o resto da agenda e submeteu-se a uma tomografia num hospital da Zona Sul.


Título na primeira página do Estadão: ‘No Rio, petistas agridem Serra em evento’.


Na Folha, em foto menos dramática, ‘Serra toca local em que foi atingido por um rolo de adesivos…’


Quanto pesa um adesivo de campanha enrolado? Cinco, dez gramas?


E a tomografia? É resultado da conhecida hipocondria do ex-governador ou parte da estratégia para transformar um episódio grotesco e banal em atentado político? Como uma bolinha de papel, dessas que os alunos atiram uns nos outros nas salas de aula, poderia virar motivo de comoção nacional?


Em seu artigo na edição desta quinta-feira [21/10] da Folha de S.Paulo, a colunista Eliane Cantanhêde transforma o projétil de papel em ‘bandeirada’ na cabeça e afirma que José Serra, literalmente, apanhou na rua.


Quanto vale um jornalismo dessa qualidade?


A chamada grande imprensa perdeu completamente as estribeiras.

Todos os comentários

  1. Comentou em 27/10/2010 Odracir Silva

    Caro Luciano Martins Costa, nao sei em q lugar fui desrespeitoso c/ a Luciana Nunes. Agradeci aa editora, mas mantive e mantenho a minha desconfianca. Alias, quem desrespeita o OI ee o sr. q fica a publicar certas meias verdades (q sao mentiras por omissao) e mentiras completas. O seu texto atual da narrativa ee do SBT e nao da Record. Entao se vc faz estes panfletos partidarios, vc desrespeita os objetivos do OI. No meu entender, ee vc q ee o despeitoso. Se por acaso a editora se sentiu desrespeitada, minhas desculpas, nao foi a minha intencao.

  2. Comentou em 26/10/2010 Bento Silva

    Sr Odracir, não invento palavras, o sr. se enrola sozinho. O médico disse na frente de todas as câmeras que não havia nada na cabeça de Serra. Se depois ‘achou’ alguma coisa, só ele sabe, mas eu tenho gravado o que ele disse antes. O sr. ouviu o que lhe convinha e esqueceu o que ele disse em contrário, da minha parte não perco tempo com isso, aguardo o MPF interrogar esse sujeito para ver se o dinheiro público gasto nos exames de Serra foi justificado, pois tem pobre neste país que morre na fila sem conseguir um exame desses. Sobre o fingimento do Serra, nunca vi alguém atingido num lado da cabeça levar a mão ao outro (daqui a pouco vai dizer que havia 3 objetos..) Mas a imprensa internacional já fez seu veredicto. O Clarín chamou Serra de farsante, o El País de coisa pior. Os gringos não tem a paciência do sr e da mídia brasileira diante de palhaçadas como essa, fosse nos EUA ou Europa Serra teria de abandonar a candidatura, fora o fato de que ele e sua família remeteram ilegalmente milhões de reais pro exterior. Mas o sr já mostrou que é muito mais tolerante com maganos que roubam o Estado e mentem para o povo do que com militantes que jogam biolinhas de papel nos outros né? E por fim, se o sr. acha errado jornalista publicar relato em off, melhor parar de ler jornal, pois TODAS denúncias contra Lula vieram de relatos em off. Até hoje esperamos pela provas dos ‘dossiês’.

  3. Comentou em 25/10/2010 Fabiana Tambellini

    Nesse episódio a matéria fraudulenta do JN e o laudo de Molina viraram pó e Serra passou a ser o primeiro caso mundial na medicina de pedido de tomografia por ter levado bolinha de papel na cabeça.

  4. Comentou em 25/10/2010 Fabiana Tambellini

    Nesse episódio a matéria fraudulenta do JN e o laudo de Molina viraram pó e Serra passou a ser o primeiro caso mundial na medicina de pedido de tomografia por ter levado bolinha de papel na cabeça.

  5. Comentou em 23/10/2010 Pedro Costa

    Esse tal de LMC não passa de um petralha.
    Tome vergonha sujeito!
    Um homem tem que ter um mínimo de dignidade, porque eu tenho muita.
    Esse cara tenta passar uma de imparcial, mas, a cada dia o ridículo toma conta do ‘ irrevogável’
    Xeque!
    Tá ganhando quanto?

  6. Comentou em 23/10/2010 Igor M. Rodrigues

    Falam em montagem sobre a reportagem do Jornal Nacional só porque é contra o PT. Já as reportagens do SBT e da petista Record, nitidamente manipuladas e maldosamente omissas, ninguém reclama porque beneficia a ladainha do PT. É o que eu sempre falei: neste Observatório, são poucos que prezam pela verdadeira liberdade de informação. A militância massa-de-manobra petista quer manter a manipulação midiática, só que a seu favor! Não precisa ser um grande observador para se constatar isso!

  7. Comentou em 23/10/2010 Igor M. Rodrigues

    Falam em montagem sobre a reportagem do Jornal Nacional só porque é contra o PT. Já as reportagens do SBT e da petista Record, nitidamente manipuladas e maldosamente omissas, ninguém reclama porque beneficia a ladainha do PT. É o que eu sempre falei: neste Observatório, são poucos que prezam pela verdadeira liberdade de informação. A militância massa-de-manobra petista quer manter a manipulação midiática, só que a seu favor! Não precisa ser um grande observador para se constatar isso!

  8. Comentou em 22/10/2010 Jorge Fernando dos Santos

    Realmente a imprensa nunca foi santa e os políticos (todos eles) tiram proveito de tudo. Mas o mais lamentável nesse episódio é o comportamento do presidente Lula, que acha perfeitamente normal a turba agredir seus adversários. A questão é simbólica e o que deveria ser preservado é a democracia pela qual petistas e psdebistas tanto lutaram.

  9. Comentou em 22/10/2010 Eduardo Tenório

    Não entendi. Enviei ontem um comentário como, aparentemente, solicita o site, e o mesmo parece ter sido censurado. Será que minhas palavras ofenderam alguém? Palavrões não foram usados, disso tenho certeza.
    Disse que a Imprensa Brasileira, de um modo geral, citando o Sistema Globo e a Revista Veja, faltam com o respeito à população brasileira com o que fazem nesta campanha eleitoral que perde em respeito a si própria diante dos olhos de brasileiros e entrangeiros. Disse ainda que é um pouca vergonha essa falta de respeito e questionei sim, a democracia neste aspecto. Em minha opinião, acusou, não provou, cadeia! Aqui no Brasil não acontece assim. Aparece um candidato postulando o cargo de Presidente da República como o Sr Serra a dizer coisas sem embasamento nenhum na realidade. Palavras difundidas, coloridas e muitas vezes criadas por divulgadores de factóides mal-intencionados como fazem as instituições comerciais citadas acima. Uma vergonha que me faz sentir nojo e, pasmem, saudades de Leonel Brizola (que acabou com meu Estado);mas disse Brizola em um debate, se não me engano na própria emissora, que sua primeira atitude como Presidente da República seria a de fechar a Rede Globo. Estou com ele e não abro. Aonde já se viu, mandar um perito analisar uma bolinha de papel na cabeça. Depois vem com o discurso de que não participa do processo eleitoral induzindo mentes alheias.

  10. Comentou em 22/10/2010 Max Suel

    Prezados Antonio Luiz Calmon Teixeira de Salvador; Fabio Andrade Slaviero do Rio de Janeiro; Boris Dunas de Bertioga. Endereço este comentário apenas para vocês. É um consolo constatar que ainda temos pessoas com visão crítica, amor à Verdade, não engajados em seitas políticas, e que ainda tem forças para resistir à avalanche de patrulheiros ideológicos, de mal-intencionados, de cegos ideológicos, de deturpadores da Verdade, de desonestos intelectuais. Aceitem meu abraço e meu apoio nesta luta que não tem fim. Aproveito para dizer que foi uma maioria que condenou o Cristo, e foi uma maioria que apoiou Hitler e Mussolini; Stalin e Castro. Max (PS. nunca fui entrevistado, mas se fosse diria que acho o atual governo Regular, pois seguiu os fundamentos dos governos anteriores e manteve a inflação sob controle, este monstro que tanto mal causa a todos nós; com relação ao desempenho do pres Lula, acho que ele deixará uma herança maldita devido ao seu (mau)comportamento no cargo que ocupa, deixando de ser o presidente de todos os brasileiros para ser o lider palanqueiro de uma facção)

  11. Comentou em 22/10/2010 Bento Silva

    Sr Odracir,o sr. ironizou a preocupação do comentarista e dos demais pautantes aqui com respeito à conduta de Serra, tratando-a como uma coisa de menor importância. Penso que o sr. está muitíssimo enganado. É do interesse de todos saber como Serra reagiu à agressão, e ela não desculpa a farsa, o discurso torpe posterior e o desperdício de dinheiro público na forma de exames médicos sabidamente desnecessários, os quais estão muito longe do alcance da maioria dos cidadãos brasileiros. De um militante desprovido de senso não espero muita coisa, a não ser que seja responsabilizado por seu ato tolo. Mas de um septuagenário postulante ao cargo máximo da República todos esperamos muito mais. A agressão que sofreu, com bolas de papel, fita crepe ou o que mais quer que seja, não lhe dá salvo conduto para mentir aos brasileiros, incitar o clima de guerra entre partidos e muito menos para desperdiçar dinheiro público em exames médicos cuja única finalidade é legitimar sua farsa. É num momento como esse, em que sofrem uma agressão covarde (ainda que no caso ridícula), que os grandes – e também os pequenos – homens mostram seu estofo. Infelizmente, Serra mostrou tudo aquilo que não esperamos de um líder num momento de crise. Desfaçatez, calúnia, vilania, prevaricação, houve de tudo um pouco, com o único objetivo de vencer uma eleição. Serra demonstrou ser capaz de qualquer ato pelo poder.

  12. Comentou em 22/10/2010 Antônio Luiz Calmon Teixeira Filho

    Depois do comentário do articulista Luciano Martins Costa , Sao Paulo-SP – Jornalista Enviado em 21/10/2010 às 22:34:15 resta claro que ele não é um observador da imprensa. O seu comentário reforça as teorias mais vis e desprezíveis da esquerda. Para o articulista é totalmente inaceitável críticas ao atual presidente e seus asseclas. Afinal, um presidente com 110% de popularidade é um verdadeiro D. Sebastião. Ao comentar os textos do articulista, apesar de sempre discordar, não imaginava que ele se filiava ao que há de mais grotesco na esquerda. As ilações em seu comentário são típicas dos conspiradores: sabem o que mais ninguém sabe; têm sempre as informações mais secretas; e, claro, a Globo é sempre o Grande Satã (bom mesmo deve ser a Record do empresário Edir Macedo). Triste OI. Mas, repito, este é o legado que o atual presidente deixará para o país. P.S.: Recomendo, vivamente, ao articulista o excelente texto de Dora Kramer, hoje, no Estadão. Para reflexão.

  13. Comentou em 22/10/2010 Roberto Ladeira

    O Globo de hoje da continuidade as manipulações do JN. O jornal põe uma foto com o Serra com as mãos na cabeça e um objeto lhe caindo a careca legendando um suposto 2º ataque, já que a bolinha de papel, digamos, perdeu peso. Os curiosos de banca de Jornal não perceberão o truque fotográfico: a imagem desse artefato é de uma bandeira meio errolada no fundo da cena, mas escolhida naturalmente, para ludibriar. Truque amador e ineficiente pois se tem a impressão de uma casca de laranja cainda na careca do candidato a Pinóquio 2010.

  14. Comentou em 22/10/2010 Fernando Guimarães

    Paa quem está em busca de evidências, independentemente de votar em a ou b, segue uma análise quadro-a-quadro do video exibido no jn.
    http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1689

  15. Comentou em 22/10/2010 Fernando Guimarães

    Paa quem está em busca de evidências, independentemente de votar em a ou b, segue uma análise quadro-a-quadro do video exibido no jn.
    http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1689

  16. Comentou em 22/10/2010 LAURO CESAR MARTINS MARTORANO

    a farça esta montada , a diferença desta vez é que ps candidatos foram trocados , antes era a direita , agora é a oposição, mas tudo no programa d . P.S.D.B, as pessoas não são assim agem conforme as circunstâncias , não sei qual ,mas va la, ta ne hora d rever a concessaõ da globo.

  17. Comentou em 21/10/2010 Wendel Anastacio

    Palhaçada não se comenta, somente provoca risos!
    Mas como a porno-mídia quer ganhar no desespero, e faz montagem de imagens e factóides, etc, vamos lá!
    Parafraseando um comentarista abaixo, informo aos amigos internautas que já saiu o diagnóstico do resultado da tomografia!
    ‘Massa encefálica de cor avermelhada, demostrando enorme sangramento, com possíveis fragmentos de cérebro e cerebelo. Possivelmente e/ou futuramente poderá se transformar em esquizôfrenia, impossibilitando seu portador a exercer qualquer atividade pública e/ou particular!
    Face ao exposto, aconselha-se aos parentes, internarem o paciente em clinica especializada pois poderá num futuro bem próximo, torna-se violento pondo em risco não só sua segurança como também os que o rodeia.
    Boletim assinado pelo grupo de apoio aos familiares de esquizôfrenicos.
    PS.: Como residente/morador em Barbacena, terra autrora famosa pelos manicômios e afins, sugiro contatar os órgãos responsáveis para ver se há uma ‘VAQUINHA!’

  18. Comentou em 21/10/2010 Luciano Prado

    Do twitter: Tá vendo aquela mancha ali, nesse vídeo de celular? É uma fita adesiva. É redonda. E pesa 2kg! #DurexFactsByGlobo #SerraRojas

  19. Comentou em 21/10/2010 Luciano Prado

    Do twitter: Tá vendo aquela mancha ali, nesse vídeo de celular? É uma fita adesiva. É redonda. E pesa 2kg! #DurexFactsByGlobo #SerraRojas

  20. Comentou em 21/10/2010 Eduardo Tenório

    O Sistema Globo e a Revista Veja, apenas para citar a mais nocivas às mentes brasileiras menos esclarecidas, estão transformando estas eleições numa coisa lamentável e desrespeitosa em relação ao nosso país. Esse debate eleitoral travado na imprensa denigre o poder público federal do Brasil não só diante de nossos olhos tupiniquins, mas diante dos olhos de todo o mundo. Uma vergonha. Aliás, a imprensa brasileira é mesmo uma vergonha, beirando as margens do facismo deslavado. Democracia uma ova: acusou vai provar, não provou, vai preso.
    Ver papel semelhante a uma latrina na verborragia da oposição… Bem, esperar o que de gente se laia semelhante, mas ver isso em horário nobre dentro de minha casa. Boto logo um filme pornográfico e chamo meus filhos para assistirem. Certamente isso lhes fará menos mal.

  21. Comentou em 21/10/2010 Ildeu Nunes

    isso é indignação o pessoal da Dilma agredindo o candidato Jo´se Serra porque estão comedo de perde a eleição,na politica não precisa de baicharia,é necessario uma politica limpa e honesta sem violencia e agreção contra qualquer cidadão ok

  22. Comentou em 21/10/2010 Leonardo Quadros

    Que ridiculo esse texto. O Jornal Nacional mostrou o que aconteceu.

    Esse Observatorio da Imprensa deveria pedir desculpas ao leitor. PESSIMO TRABALHO.

  23. Comentou em 21/10/2010 Marcelo Ramos

    Quem perdeu qualquer postura ética mínima, sr. Abrita, foram os donos dos grupos de comunicação, a quem não interessa um governo que, apesar dos defeitos, governa para o povo. O Lula nunca atacou a imprensa, o que creio que tenha sido um de seus erros. Sempre foi atacado sem revidar. Aí entra a lógica de batalha: se alguém ataca e o inimigo não faz nada, alguém continua atacando. Nunca o cargo de presidente da República foi tão achincalhado quanto nos dois mandatos do Lula. Apesar dos insetos que infestam as editorias desses grupos de comunicação, o Brasil subiu no ranking internacional de liberdade de imprensa. Pessoalmente, não quero tanta liberdade de imprensa. Quero é confiabilidade e direito à informação.

  24. Comentou em 21/10/2010 Cris Angelis

    Apoiado! Pelo que consta, a própria candidatura do tucano vem reiteradamente estimulando o ódio e a violência pela internet, através de acusações levianas. Não obstante, especialistas na área dizem que um ato hostil dessa natureza sequer deve ser divulgado pois torna vulnerável a pessoa dos candidatos. Além do mais, há notícias de que foram os seguranças do candidato que iniciaram a agressão física. Lamentável episódio!

  25. Comentou em 21/10/2010 Cris Angelis

    Apoiado! Pelo que consta, a própria candidatura do tucano vem reiteradamente estimulando o ódio e a violência pela internet, através de acusações levianas. Não obstante, especialistas na área dizem que um ato hostil dessa natureza sequer deve ser divulgado pois torna vulnerável a pessoa dos candidatos. Além do mais, há notícias de que foram os seguranças do candidato que iniciaram a agressão física. Lamentável episódio!

  26. Comentou em 21/10/2010 Boris Dunas

    Ao economista curitibano que não tem senso de proporcionalidade e muito menos de realidade, eu poderia começar perguntando porque então ele se preocupa tanto com o “nada”, mas já sei a resposta. Prefiro destacar que ele reafirmou categoricamente o que eu disse sobre a moral, a ética e o comportamento delinqüente da militôncia petista, e que ensaia ainda uma tentativa de CENSURA àqueles que considera “inimigos” (ah, se eles pudessem!) No mais, ridícula e abjeta segue sendo a babação de ovo da vassalagem a cada carbonário stalinista que deita falação aqui no OI em adulação ao mais pernicioso, virulento e asqueroso partido que já existiu nezztepaízz. Petistas não têm autoridade nenhuma para acusar quem quer que seja de “mentir, fingir, enganar e caluniar”. Como diz o adágio: Macaco, olha teu rabo!

  27. Comentou em 21/10/2010 Marcio Augusto

    Washington Ferreira, acho que os títulos ‘engenheiro’ e ‘estudante’, para dois comentaristas desse espaço, são apenas cortina de fumaça para sua verdadeira (e oculta) profissão: piadistas. Porque os argumentos desses dois, literalmente, são de matar de rir.

  28. Comentou em 21/10/2010 Marcio Augusto

    Washington Ferreira, acho que os títulos ‘engenheiro’ e ‘estudante’, para dois comentaristas desse espaço, são apenas cortina de fumaça para sua verdadeira (e oculta) profissão: piadistas. Porque os argumentos desses dois, literalmente, são de matar de rir.

  29. Comentou em 21/10/2010 Samuel Lima

    Caro Luciano, a reportagem veiculada no jornal do SBT, edição nacional, é mais clara ainda. A questão é saber: quem ligou para o candidato José Serra, no celular, depois que ele decidiu voltar à caminhada? Ato contínuo, Serra começou a fingir, passar a mão na cabeça. No blog do jornalista Luiz Carlos Azenha (www.viomundo.com.br) está publicado os três vídeos: Record, SBT e Globo. É ver e tirar as devidas conclusões sobre o embuste, a mentira e a dissimulação. É óbvio e ululante que ninguém que preze a democracia apóia atos de violência contra quem quer que seja. Contudo, é inegável que este clima de confronto foi gerado pela campanha do ódio, pilotada por José Serra, com o luxuoso auxílio da Opus Dei, do pastor Silas Malafaia, da TFP (que distribuiu panfletos em reunião da cúpula do DEM/PSDB, no começo do 2º turno orientando a infâmia e a sordidez, via web, contra Dilma).

  30. Comentou em 30/05/2008 Andréa Cattaneo

    Prezado jornalista Alberto Dines,

    Faço parte da coordenação do Intercom Norte2008 e gostaria de convidá-lo para participar do evento, que será reaizado nos dias 19, 20 e 21 de junho em Boa Vista, Roraima.
    Meu telefone para contato é (95) 8114-5816.

    Abraço,

    Andréa Cattaneo

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem