Domingo, 21 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

JORNAL DE DEBATES >

O caos aéreo dos outros

Por Alberto Dines em 11/04/2008 na edição 480

A mídia parece muito feliz com o caos aéreo que promete estabelecer-se nesta sexta-feira (11/4) nos Estados Unidos. Os 570 vôos cancelados na maior empresa americana estão lavando a alma daqueles brasileiros que preferem comparar-se ao gigante americano do que ver nossas mazelas corrigidas. Em outras palavras, se no Tio Sam há um apagão de grandes proporções, temos o direito de ter os nossos apagõezinhos cotidianos.


Acontece que o apagão aéreo americano foi determinado pela Agência Federal de Aviação, a equivalente de nossa ANAC, que exigiu uma vistoria imediata em 132 aviões do tipo MD-80 da frota da American Airlines.


As nossas autoridades teriam a coragem de tomar a mesma providência? Nossa mídia teria coragem de bancar uma decisão tão drástica e tão impopular?


Não precisamos chegar a tanto – bastaria que nossa imprensa denunciasse a progressiva reversão do elenco de medidas de segurança adotadas depois da tragédia com o Airbus da TAM, em julho passado. É certo que as pistas de Congonhas foram reparadas e são fechadas quando chove, mas o aeroporto está novamente engarrafado com as fantásticas promoções de viagens a 48 reais.


O duopólio das empresas aéreas faz o que quer e a mídia não se importa.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem