Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

JORNAL DE DEBATES > ÁFRICA DO SUL

Partido do governo acusa BBC de racismo

22/02/2007 na edição 421

O African National Congress (ANC), partido de situação da África do Sul, acusou a BBC de racismo, informa artigo de Jemima Kiss no Guardian [20/2/07]. O ANC reclamou que a rede britânica ajuda a alimentar ‘o estereótipo de que africanos são geneticamente inferiores’ após a exibição de uma reportagem sobre o aumento do número de crimes no país.


O partido afirmou, em sua newsletter semanal, que pontos positivos como investimento no mercado imobiliário e revitalização urbana não foram sequer citados na matéria do jornalista John Simpson no BBC World, serviço internacional da rede. Simpson concentrou suas atenções nos problemas dos subúrbios e no índice de assassinatos da África do Sul – contabilizados em cerca de 50 por dia.


Timing negativo


O partido criticou também o momento escolhido pela BBC para a exibição da reportagem – a noite de 7/2, dia anterior ao discurso do Estado da União do presidente Thabo Mbeki. No artigo intitulado ‘Propaganda e Realidade’, o ANC comparou a atitude da rede às tomadas pelos maiores racistas do país.


Sobre a decisão de não disponibilizar nenhum representante do governo para falar na reportagem negativa, o partido afirmou que a BBC só entrou em contato em cima da hora e que quem poderia dar entrevista estava ou muito ocupado ou em viagem ao exterior.


O BBC World afirmou estar ciente das críticas do ANC, mas se limitou a defender ‘a imparcialidade e o equilíbrio’ de seu conteúdo jornalístico.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem