Domingo, 24 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

JORNAL DE DEBATES > CANADÁ

Premiê em fase de birra com a imprensa

30/05/2006 na edição 383

O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, deixou de falar com os jornalistas que cobrem o Parlamento. No posto desde fevereiro, Harper afirmou à televisão estatal canadense na semana passada que a imprensa que cobre o Parlamento é tendenciosa contra ele e, por isso, ele não responderá mais às perguntas dos repórteres. ‘Infelizmente, estes jornalistas adotaram a postura de serem oposição ao governo’, disse.

De acordo com a agência Canadian Press, no dia 18/5, mais de 20 repórteres em Ottawa abandonaram um evento onde Harper estava em protesto a sua decisão de se recusar a responder perguntas da imprensa. O primeiro-ministro anunciou que só responderá a questões em eventos públicos quando sua equipe puder escolher quais jornalistas farão as perguntas de uma lista produzida com antecedência. A imprensa recusou-se a aceitar tais condições.

Em resposta, o escritório de Harper divulgou um memorando pedindo a lobistas que espalhem que jornalistas são preguiçosos. ‘Está claro que alguns repórteres estão reclamando que têm muito trabalho’, dizia a nota.

A tribuna da imprensa, composta por jornalistas que cobrem o Parlamento, rejeitou as acusações de parcialidade e afirmou que seus membros têm o direito de fazer perguntas nas coletivas e nas aparições formais do ministério. ‘Nós lamentamos estes comentários feitos por Harper porque acreditamos que eles são infundados’, afirmou Yves Malo, presidente da tribuna e repórter da rede de televisão TVA.

Acesso dificultado

O confronto com a imprensa já vem acontecendo há algum tempo. No mês passado, a administração de Harper anunciou que jornalistas não poderiam mais cobrir as cerimônias do retorno dos corpos de soldados canadenses mortos no Afeganistão.

A direita política do Canadá vem acusando o grupo de imprensa de Ottawa de favorecer o Partido Liberal. O Partido Conservador venceu a eleição de janeiro, voltando ao poder após mais de 12 anos na oposição.

O Canadá tradicionalmente permitia acesso fácil a ministros, que costumavam falar com a imprensa antes e depois das sessões do Parlamento. Harper já havia limitado estes acessos. Informações da Editor & Publisher [25/5/06] e da Reuters [25/5/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem