Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

JORNAL DE DEBATES > A MORTE DA PRINCESA

Programa analisa relação de Diana com os paparazzi

23/08/2007 na edição 447

A rede de televisão britânica ITV exibiu na noite de quarta-feira (22/8) o documentário Diana´s Last Summer (O último verão de Diana), sobre a conturbada relação entre a princesa e os fotógrafos que seguiam todos os seus passos. Diana morreu no fim de agosto de 1997 em um acidente de carro em Paris, após ser perseguida por paparazzi. Também morreram no acidente seu namorado, Dodi Fayed, e o motorista Henri Paul.


Ex-assessor de Lady Di, Patrick Jephson condenou, no programa, a atitude dos fotógrafos na noite do acidente, comparando-a a um ataque de bandidos a uma carruagem no Velho Oeste. ‘Os paparazzi de Paris eram um fenômeno conhecido. Era um verdadeiro circo. Eles perseguiam os carros em motocicletas e levavam passageiros carregando câmeras pesadas’, conta.


Culpa


Mas o depoimento mais surpreendente do programa parece ter sido o do jornalista Phil Hall, editor do tablóide britânico News of the World na época do desastre. Hall afirma que sente uma ‘responsabilidade imensa’ pelo acidente que matou Diana, pois acredita que ele poderia ser evitado se não fosse pela perseguição dos insaciáveis fotógrafos.


‘Eu me senti responsável pelo que aconteceu, e acho que todo mundo na mídia também sentiu’, diz. ‘É difícil porque nós sabíamos da história toda, que Diana estava ajudando os jornais e, sim, que seu motorista estava alcoolizado. Mas, na minha opinião, se os paparazzi não tivessem seguindo o carro, a velocidade não estaria tão alta e, você sabe, o acidente poderia não ter acontecido’. Uma investigação judicial sobre as mortes de Diana e Dodi terá início em outubro. Informações da BBC News [20/8/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem