Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1042
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Quando a Globo fala bem dos evangélicos

Por Guilherme Cardoso em 02/06/2009 na edição 540

Difícil de acreditar, mas é verdade mesmo! A Rede Globo de Televisão resolveu abrir espaço para falar das igrejas evangélicas no seu principal programa jornalístico. E falar bem! Não apenas criticá-las por explorarem indevidamente seus seguidores, acusando-as de tomar literalmente dinheiro dos fiéis.

Desde a última segunda-feira, 25 de maio, que o Jornal Nacional apresenta uma série de reportagens mostrando que igrejas evangélicas de diversos segmentos também realizam trabalhos de ação social em favor das pessoas menos favorecidas. Não apenas a Igreja Católica, como se divulgava. Belo exemplo.

Vamos pensar. O que levou a Globo a dar voz e vez às igrejas evangélicas?Jornalismo plural, ecumênico ou queda na audiência provocada pela Record, linha de frente da Igreja Universal que aumenta seu poderio? Liderança em perigo?

Para quem até ontem era forte defensora dos princípios, valores e dogmas da Igreja Católica, ignorando a existência e a força de outros credos e religiões, somente interesses econômicos e publicitários podem explicar mudança tão repentina de comportamento. Só falta levar o bispo Edir Macedo ao Faustão.

E aí, como explicar ao papa?

******

Jornalista, Belo Horizonte, MG

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem