Sábado, 21 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

JORNAL DE DEBATES > CRISE NO SENADO

Renan e a mídia

Por Alberto Dines em 12/10/2007 na edição 454

A culpa é da mídia? Ao longo de cinco meses o Senado Federal ficou paralisado, o processo político engarrafou, o Legislativo desmoralizou-se, o Executivo entrou em pânico e aumentou a distância entre o país real e seus dirigentes. A imprensa é a culpada por este colapso institucional de quase um semestre?


As primeiras suspeitas sobre as relações do senador Renan com o lobista da empreiteira Mendes Jr. foram divulgadas de forma visivelmente açodada pela revista Veja, por meio de uma acusação sem provas veiculada pela ex-namorada do parlamentar. A imprensa errou neste início, mas, três semanas depois, uma exaustiva reportagem da Rede Globo comprovou a falsidade dos documentos que Renan Calheiros apresentou para justificar a sua renda.


A partir desse momento, sentindo-se desmascarado, o presidente do Senado apelou para a violência e a perfídia, numa sucessão de desmandos jamais vista desde o tempo da ditadura.


Quem resistiu à tentativa de implantar a lei do cangaço no Senado da República foram os pares de Renan, a imprensa apenas acompanhou esta valente cruzada dos senadores do bem.


Muitos estilhaços atingiram o Executivo. Não poderia ser diferente: ao adotar uma atitude acrítica na relação com o seu aliado e estimular o seu discurso antimídia, o governo acabou demasiadamente identificado com Renan. Precisará de muito mais do que 45 dias para desinfetar-se.

Todos os comentários

  1. Comentou em 09/08/2010 Carlos Alberto Moraes

    Prezados senhores,
    Sou editor de um novo jornal (pequeno) que circulará aqui na região em 4 cidades próximas a Ribeirão Preto (Batatais, Morro Agudo, Orlândia e Sales Oliveira). Quero saber se posso ter permissão para reproduzir matérias veiculas no site Observatório da Imprensa e quais os critérios que devemos adotar.
    Se puderem responder fico aghradecido.

  2. Comentou em 14/10/2007 Max Suel

    Sobre o tema: Os fatos demonstraram que o Sen Renan faltou sim com o decôro. Indecorosa também foi a absolvição dele, com a ajuda da base aliada, de membros da oposição (!!) e também dos petistas (que, liderados pelo incrível sen Mercadante), se abstiveram, mesmo sendo o voto secreto. Graças a estes, a desmoralização do Senado continuou. A midia no caso agiu corretamente. Tudo que foi noticiado realmente ocorreu. Perguntas que não foram respondidas: Por que diabos usar um amigo lobista para pagar em dinheiro vivo a mensalidade da jovem amante, agora estrela de revista masculina. Se o $$ era dele, por que não utilizar o meio mais seguro e comum, através do sistema bancário; alem disso, ficou claro que a empreiteira do amigo lobista teve verba destinada para obra sua em Alagoas, o que seria uma paga pelo trabalho do amigo. Também tudo o que foi levantado pela Globo mostrou-se verdadeiro: as notas fiscais falsas, e as irregularidades todas apontadas.
    O sen Renan é um oportunista, que serviu a governos anteriores e estava servindo bem o governo atual, que precisava dele para aprovar a CPMF no Senado, o que vai agora ocorrer com o seu afastamento.
    O lamantável é que valeu no caso o interesse primeiro do governo, acima de pruridos éticos e morais. Mais uma vez o governo lulo-petista-base aliada põe o fim justificando todos os meios; éticos ou não.

  3. Comentou em 12/10/2007 ubirajara sousa

    Sr. Dines, acho que o assunto Renan esgotou-se com este seu artigo. Que tal o senhor escrever um sobre o tucanoduto? O senhor não acha que está a nos dever isso? Sei que o senhor não lê os nossos comentários, mas, será que um dos seus assessores do OI (os quais devem ser regiamente remunerados) não poderá ler alguns para o senhor? Já faz mais de 45 dias que esse negócio do tucanoduto vem rolando e o senhor não diz nada a respeito. Por quê? O assunto não tem relevância? O dinheiro roubado foi pouco? Pelo que eu saiba foi mais, muito mais, do que o roubado pelos aloprados. Vou aguardar o seu artigo. Espero que seja brilhante. Até lá.

  4. Comentou em 12/10/2007 Ismael Teixeira Antuña

    Caro Cid, pretendia apenas ser irônico… reproduzi o enfoque da mídia sobre o caso Renan Calheiros apenas para ressaltar o absurdo das conclusões, o tratamento diferenciado dos envolvidos e o objetivo político-partidário subjacente: gente, é claro que a culpa é do Lula!
    Cobertura da mídia sobre o governo Aécio? Você também está brincando, não está?

  5. Comentou em 12/10/2007 Marco Antônio Leite

    Qual a diferença existente em ter duzentos deputados cassados pôr corrupção e um outro que teve dez parlamentares envolvidos no corruptoduto Brasil Futebol Clube. Os partidos atuais necessitam passar pôr uma depuração profunda, a fim de que possamos acreditar que ainda exista homens honestos e que estejam dispostos a trabalhar para o bem do trabalhador brasileiro. Essa tese mais perece competição esportiva, para saber quem leva mais medalhas de lata para o seu partido político e sua torcida fanática. Acorda pião?

  6. Comentou em 12/10/2007 RICHARD PEREIRA

    Impressionante como o PIG (partido da imprensa golpista) tenta se auto proteger.

    A VEJA mentiu descaradamente, o que a POLICIA FEDERAL , descobriu , provou que a rede GLOBO mentiu ,

    Venda de gado com notas frias, mentira

    Vacinas compradas em número menor que o gado declarado , mentira

    Venda de gado a empresas fantasma , mentira

    QUALQUER PESSOA MEDIANAMENTE INTELIGENTE, SABE A TROCO DE QUE O SENADOR RENAN CALHEIROS , SEM IMAGINAR QUE ANOS DEPOIS SURGIRIA A REPORTAGEM MENTIROSA DA VEJA , IRIA INVENTAR VENDA DE GADO , AUMENTAR SEU REBANHO ETC, E PAGAR MAIS IMPOSTO .

    SÓ SE FOR UM IDIOTA,OU UM EXAGERADO PATRIOTA QUE QUER PAGAR IMPOSTO A MAIOR POR AMOR AO BRASIL .

    RICHARD PEREIRA

  7. Comentou em 12/10/2007 jacinto leite aquino rego jabori

    DINES, até você, a imprensa nunca esteve tão desmoralizada como agora. Pense bem, Abril, Globo, Record, Band, Estadão, Folha, tem moral para criticar alguém?

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem