Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

JORNAL DE DEBATES > PORNOGRAFIA

Revista New York suspende anúncios eróticos

13/11/2007 na edição 459

A revista New York concordou em não mais aceitar anúncios eróticos depois que a filial de Nova York da Organização Nacional pelas Mulheres (NOW, sigla em inglês) ameaçou fazer protestos em frente ao prédio da publicação. O grupo feminista acusou a New York de ser um ‘braço de marketing do crime organizado de prostituição e tráfico humano’, por causa dos classificados nas últimas páginas da revista com frases como ‘Asiáticas Selvagens’ e ‘Asiáticas dos sonhos’.

Sonia Ossorio, presidente da NOW de NY, disse que ficou ‘encantada’ com a decisão da revista. A organização também pediu a outras publicações locais para não mais publicar anúncios do tipo e afirmou que já entrou em acordo com outras 14 revistas, incluindo a Time Out New York e a New York Press.

A porta-voz da New York, Serena Torrey, confirmou a decisão, mas não quis revelar se a medida foi tomada devido às pressões do grupo feminista. ‘A revista está prosperando e chegou a hora de nos livrarmos de anúncios com os quais nunca nos sentimos confortáveis’, afirmou. Informações de Adam Goldman [AP, 7/11/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem