Sábado, 25 de Março de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº937

JORNAL DE DEBATES > NOVAS MÍDIAS

Sítio do Post tem novo visual

30/03/2007 na edição 426

O sítio do Washington Post está de cara nova. Na quinta-feira (29/3), foram implantadas mudanças destinadas a simplificar a navegação e dar mais destaque ao conteúdo multimídia e de vídeo. Foram criadas também novas seções, como a Smart Living, que reúne mais de mil receitas culinárias e artigos ‘com o objetivo de melhorar a qualidade e facilitar a vida dos leitores’.


A página agora abre mais rapidamente e tem uma faixa multimídia que funciona como uma vitrine dos vídeos. ‘Nossa equipe de vídeo produz um dos melhores e mais bem elogiados trabalhos na rede, ganhadores de vários prêmios’, gaba-se Jim Brady, editor-executivo do sítio do Post. Segundo ele, 85 dos repórteres que trabalham na edição impressa do jornal receberam treinamento para usar câmeras digitais. Atualmente, o sítio disponibiliza semanalmente cerca de seis vídeos gravados pelos jornalistas.


O conteúdo editorial está distribuído em posições fixas na página, o que permite aos leitores saber onde está o que procuram a cada visita ao sítio. Cada seção conta agora com uma lista das notícias mais significativas sobre o tema. ‘Quisemos diagramar a página de modo a alcançar dois objetivos primários que, algumas vezes, entram em conflito: ajudar as pessoas a encontrar o que procuram e mostrar a elas as novas ferramentas do sítio’, diz Brady. Informações da Editor & Publisher [28/3/07].


NYTimes estréia Times Reader


O New York Times apresentou ao público, esta semana, o programa Times Reader, que permite que os leitores façam o download da versão mais recente do sítio em um laptop ou outro aparelho móvel. O serviço foi desenvolvido para dar aos usuários uma experiência de leitura que permita maior mobilidade – como o papel – ao mesmo tempo em que se tem os benefícios da versão de internet.


Ao contrário do sítio, o programa não é gratuito: custa US$ 15 por mês ou US$ 165 por ano – e inclui o TimesSelect, com conteúdo exclusivo para assinantes. ‘Para aqueles que querem a versão gratuita, temos um sítio completo; este formato é destinado para aqueles que querem uma experiência próxima a do impresso’, argumenta Robert Larson, vice-presidente para desenvolvimento de produtos. ‘O que estamos tentando desenvolver é uma experiência natural e agradável na tela’. O serviço é fornecido gratuitamente aos assinantes da versão impressa.


O programa permite que se leia o conteúdo do jornal sem estar conectado à internet. Além disso, a imagem da página se ajusta a qualquer tamanho de tela e o leitor controla o tamanho da fonte.


Segundo Larson, o número médio de páginas do Times Reader visitadas pelos leitores no período de testes superou o normalmente registrado no sítio. O grupo The New York Times Co. estaria planejando criar programas semelhantes para o International Herald Tribune e o Boston Globe. Informações de David Hirschman [Editor & Publisher, 27/3/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem