Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

JORNAL DE DEBATES > IMPRENSA NA JUSTIÇA

Tablóide londrino se desculpa com Sharon Stone

28/04/2006 na edição 378

O tablóide britânico Daily Mail divulgou, na quinta-feira (27/4), um pedido de desculpas formal a Sharon Stone por alegações de que a atriz teria deixado seu filho no carro durante um jantar. Em uma declaração em um tribunal londrino, o jornal admitiu que as alegações, publicadas em um artigo em junho do ano passado, eram falsas, e concordou em pagar quantia ‘substancial’ em indenização pelos danos causados à estrela hollywoodiana. O acordo foi atingido antes do julgamento do caso, que estava marcado para o início de maio.


A advogada do Mail afirmou que, na ocasião em que as informações foram publicadas, o jornal não duvidava de sua veracidade, e portanto não agiu de má-fé. No artigo, intitulado ‘Filho de Sharon dorme no carro enquanto ela janta fora’, o Mail dizia que a atriz teria ido a um encontro em um restaurante em Londres enquanto seu filho de quatro anos de idade teria ficado no carro estacionado na rua, junto com o motorista, por mais de duas horas.


O advogado de Sharon, Rupert Grey, disse que o jornal criticou as ações da atriz, fazendo com que a informação falsa fosse reproduzida por outros veículos de comunicação. ‘O artigo fazia a clara alegação de que Sharon Stone havia negligenciado seu filho de uma maneira vergonhosa e egoísta’, afirmou ele em declaração no tribunal. Grey disse ainda que sua cliente pretende doar o dinheiro da indenização para instituições de caridade. Informações de Chris Tryhorn [The Guardian, 27/4/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem