Domingo, 24 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

JORNAL DE DEBATES > CRISE COM A BOLÍVIA

Vagas para fofoqueiros

Por José Augusto Lisboa em 09/05/2006 na edição 337

O Brasil acerta ao respeitar a soberania boliviana. Não é possível construir absolutamente nada em cima da miséria de um povo. Acerta o presidente Lula ao providenciar uma reunião para discutir democraticamente uma solução para o problema. Se os valores do gás boliviano estão defasados, há de se corrigir. Não podemos querer para os outros o que não queremos para a gente.

Erram aqueles que acham que o Brasil deve tratar a Bolívia da mesma forma que os EUA tratam o Iraque. E tem muita gente querendo que o Brasil adote uma postura tal qual a americana na hora de ter com seus vizinhos. Essa gente não sabe o que é democracia e por isso defende lobo em pele de cordeiro, ou seja, a ditadura disfarçada de democracia. Para os jornalistas Salomão Schwartzman e Joelmir Betting, presidentes que se esforçam para proporcionar alguma soberania a seu povo são meros populistas, nacionalistas.

Paga-se bem

Mirian Leitão, por exemplo. Todos os dias diz no Bom Dia Brasil da Globo que fala com empresários, porém, são empresários sem rosto, ninguém sabe quem são. Fica parecendo que ela fala sozinha, que ela mente. Se essa é a imprensa que temos, não temos imprensa. Tudo que informa em seguida é negado pelas partes envolvidas.

Se a carruagem continuar nesse andar, daqui a pouco não fará mais sentido nossas universidades continuarem se referindo ao curso de Jornalismo como sendo de Comunicação Social. Isso que vêm formando não são jornalistas, são fofoqueiros. Fará sentido, aí sim, se um determinado jornal, ao procurar de jornalista, for direto ao ponto: vagas para fofoqueiro, paga-se bem.

******

Professor, São Paulo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem