Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

JORNAL DE DEBATES >

Zapatero explica uso de bordão de Murrow

07/03/2008 na edição 475

O socialista José Luiz Rodriguez Zapatero, primeiro-ministro da Espanha, explicou esta semana por que usou o bordão ‘Boa noite e boa sorte’ – criado pelo jornalista americano Edward Murrow – em dois debates televisivos com seu rival conservador Mariano Rajoy. Murrow, que se opôs à caça aos comunistas do senador Joseph McCarthy nos EUA durante os anos 50, terminava seus programas no rádio e TV com esta frase. Em 2005, Hollywood lançou um filme sobre ele, estrelado e dirigido por George Clooney, chamado Boa Noite e Boa Sorte.


Zapatero, que usou a frase para se despedir do público nos debates, alega que a falou para mostrar seu apoio à ‘liberdade para todos’. ‘Foi uma denúncia prudente e moderada àqueles que não acreditam, insultam e denigrem os que não pensam como eles’, explica. Rajoy é contrário a muitas das reformas sociais do primeiro-ministro, como o casamento gay e a facilitação do divórcio. Pela primeira vez em uma eleição espanhola, Zapatero trouxe à tona o tema da imigração para o debate. O dia 3/3 foi o último para a divulgação de pesquisas de opinião, que mostravam vitória dos socialistas com quatro pontos percentuais sobre o partido de oposição, o Partido Popular. Informações da AFP [5/3/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem