Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

MEMóRIA > Foia dos Rocêro

Crítica política e humor na imprensa baiana do século XIX

Por Equipe do Observatório da Imprensa em 16/04/2019 na edição 1033

(Foto: Divulgação)

A imprensa de narrativa irreverente foi bastante praticada no século XIX e início do século XX, chegando a contar, na Bahia, com mais de 50 títulos de jornais humorísticos entre os anos de 1800 a 1900. Desse conjunto de publicações, a jornalista Neuma Dantas escolheu como objeto de análise o jornal Foia dos Rocêro, em seu primeiro ano de publicação (1899/1900), periódico humorístico de crítica política, publicado pela primeira vez em agosto de 1899, em Salvador, e que perdurou até o ano de 1968. O resultado é a publicação do livro “Foia dos Rocêro: Crítica política e humor na imprensa baiana do século XIX”.

As principais características do antigo jornal de Salvador são a linguagem caipira, o uso de pseudônimos, as ilustrações e o estilo satírico voltado para criticar a política do governo de Luiz Vianna (1896/1900).

A pesquisa contribui para a formação da memória do jornalismo baiano e brasileiro, demonstrando o uso da linguagem satírica e sua relação com o rito político na virada do século XIX para o XX.

Sobre a autora

A jornalista Neuma Dantas, nascida em Mundo Novo (BA), vive em Salvador desde 1975. Diplomada em Letras Vernáculas e Comunicação Social-Jornalismo, a autora é pós-graduada com mestrado em Comunicação e Política pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Faculdade de Comunicação da UFBA. Atualmente é pesquisadora do Grupo de Estudos em Comunicação, Política e Redes Digitais (CP-Redes) da FACOM/UFBA.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem