Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

3ª Semana de Fotojornalismo

01/09/2009 na edição 553

Discussões acaloradas, troca de experiências, grandes palestrantes, workshops e até mesmo um concurso com direito a prêmio. São os elementos que integram a Semana de Fotojornalismo da ECA-USP, organizada pela Empresa Júnior de Jornalismo da Escola de Comunicações e Artes, a J. Júnior, desde sua primeira edição, em 2007. O evento cresce e se consolida como marca registrada da empresa ano a ano. Prova disso é a presença na Semana de 2009 de Philippe Dubois, famoso intelectual belga e um dos principais pesquisadores do campo da estética da imagem, além de outros fotógrafos brasileiros de renome e professores da ECA-USP entre 31 de Agosto e 4 de Setembro de 2009.

Dubois, atualmente professor da Universidade de Paris III (Sorbonne Nouvelle), vem ao Brasil especialmente para a Semana. A participação do acadêmico será dividida em três palestras: a primeira na abertura do evento, a segunda no seu terceiro dia e a última encerrando as atividades. O convidado falará sobre seus estudos do papel estético da imagem em diversos âmbitos: enquanto forma de pensamento visual; dos estudos do francês Roland Barthes sobre a fotografia; do impacto provocado pelas imagens no cinema e das imagens presentes no imaginário coletivo. Após as palestras, será aberto espaço para perguntas e discussões.

Um trabalho autoral e humanista

Entre as apresentações do estudioso belga, veteranos da fotografia brasileira vão dividir histórias e debater polêmicas do fotojornalismo com o público. Entre eles, figuram Cláudio Edinger, com passagem pela Folha de S.Paulo, Estado de S.Paulo, Times, Newsweek e Rolling Stone; Flávio Florido, especialista em cobertura esportiva e fotógrafo do UOL; e Marlene Bergamo, com experiência na Folha e no Notícias Populares. Os três comporão a mesa ‘Fotojornalismo e Cidade’.

Marcio Scavone, que atualmente trabalha para a Trip e já clicou personalidades conhecidas, como Oscar Niemeyer, Pelé, Fernanda Montenegro, Jô Soares, Dercy Gonçalves, entre outros, participará da mesa ‘Fotografia em Revista’. Suas obras são exibidas em museus e coleções de fotografia, como o MAM do Rio de Janeiro e a coleção Pirelli.

A meta da Semana é principalmente propor discussões sobre temas novos no fotojornalismo, com a presença de profissionais que desafiem o senso comum, diz Tulio Bucchioni, ex-coordenador da área de eventos da J. Júnior. Entre os temas abordados anteriormente, constam a relação entre fotografia e arte, as tecnologias digitais, o espaço do fotojornalista na imprensa e o sensacionalismo, apresentados por ninguém menos que Helio Campos Mello, Ed Viggiani e outros fotógrafos famosos. Mello, antes de dirigir a revista Brasileiros, cobriu a Guerra do Golfo, quando o equipamento de trabalho pesava cerca de 70kg. Também passou pela Veja, pelo Estadão e pela IstoÉ. Ed Viggiani, como Mello, foi fotógrafo de jornais, mas ultimamente traz um trabalho mais autoral e humanista, focado no detalhe e na contramão da notícia.

Pontos de vista diferentes

Viggiani diz ter se sentido feliz por debater na última edição da Semana ‘o que está sendo feito e o que foi feito antes no fotojornalismo’. Para ele, a tecnologia digital e a disseminação da fotografia podem ter permitido a todos fotografar, mas poucas vezes se pensa além do papel óbvio, documental e ilustrativo das fotos. ‘Nos debates vi muita gente preocupada em entender o discurso próprio da fotografia,’ disse. ‘O interesse do público também me encantou, além do contato com fotógrafos de várias gerações que permitiu a `troca de figurinhas´ e experiências’.

Claudio Edinger, de participação confirmada para 2009, diz estar animado para o evento e endossa a fala de Viggiani. ‘Discutir é fundamental para a troca de experiências, ainda mais quando o fotojornalismo passa por mudanças tão grandes como hoje. Por isso tenho o hábito de participar desse tipo de debate.’ Tanto os profissionais quanto estudantes universitários e o público em geral aprendem muito uns com os outros, garante ele, que já retratou temas que vão da opressão dos judeus à alegria carnavalesca. Flavio Florido, do UOL, completa: ‘É preciso que nos preocupemos com a maneira de exercer a profissão justamente devido a esse cenário novo e complexo’.

Para Florido, muitas vezes a rotina do fotojornalista não lhe permite tempo para refletir sobre a própria produção. ‘Esse tipo de evento permite que o profissional se distancie um pouco de seu universo de trabalho, estimulando opiniões e pontos de vista diferentes,’ diz.

Inscrições e informações

A Semana de Fotojornalismo busca combinar as discussões teóricas com um pouco de conhecimento prático. A tradicional Saída Fotográfica dos participantes para clicar a cidade, que confere aos autores das melhores fotografias livros e um prêmio surpresa, desta vez será para o Vale do Anhangabaú. A terceira edição da Semana trará ainda os workshops ‘Fotojornalismo e os conceitos básicos da fotografia’; ‘Fotografia e Imagens Digitais’ e ‘Tratamento de Imagens’, ministrados por Enio Leite da Escola Focus de Fotografia; Thales Trigo da Fullframe Escola de Fotografia e Danilo Antunes da Fujocka Photodesign, respectivamente.

As atividades de 2009 acontecem entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro no auditório Ariosto Mila da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (FAU-USP), na Cidade Universitária. Em caso de não inscrição, a entrada é livre, mas o certificado não será entregue.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem