Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

MONITOR DA IMPRENSA > CASO TRAYVON MARTIN

Rede NBC pede desculpas por edição equivocada

10/04/2012 na edição 689
Tradução de Larriza Thurler (edição: Leticia Nunes)

A rede de TV americana NBC finalizou sua investigação sobre a edição equivocada da gravação da conversa de um policial com o vigia George Zimmerman, que matou o jovem negro Trayvon Martin, de 17 anos. O crime aconteceu no dia 26/2 na cidade de Sanford, na Flórida. Martin havia acabado de comprar doces e estava desarmado, mas Zimmerman achou que ele parecia suspeito. O caso causou grande repercussão e foi comentado inclusive pelo presidente Barack Obama.

O inquérito concluiu que houve um erro e a emissora pediu desculpas. “Durante nossa investigação, tornou-se evidente que um erro ocorreu no processo de edição, pelo qual lamentamos profundamente. Tomaremos os passos necessários para evitar que isto aconteça no futuro e pedimos desculpas a nossos telespectadores”, dizia a declaração, referindo-se à falha do programa Today em resumir de maneira precisa a conversa entre Zimmerman e o policial. O produtor responsável pela edição foi demitido.

Na gravação mostrada no programa, o vigia afirmava: “Este cara parece que não está bem. Parece negro”. Na realidade, a gravação sem edição era diferente: “Este cara parece que não está bem. Ou usou drogas ou algo. Está chovendo e ele está andando por aí, olhando.” Então o policial pergunta: “Ok. Ele é negro, branco ou hispânico?”. Aí sim Zimmerman responde: “Parece negro”.

A edição do áudio foi injusta com a verdade e com a reputação de Zimmerman. A reação no Twitter e em outras redes sociais em relação ao erro da NBC foi brutal para a rede, com muitos sugerindo motivações obscuras e questionando sua credibilidade. A declaração desculpa-se aos telespectadores pelo erro, mas não explica por que ele ocorreu. Tampouco pede desculpas a Zimmerman, o mais prejudicado com a edição. Informações de Erik Wemple [Washington Post, 3/4/12].

Leia também

Cobertura de morte de jovem negro reflete minoria nas redações

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem