Sábado, 19 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

MONITOR DA IMPRENSA > NOS ÚLTIMOS 100 ANOS

NYU lista os maiores jornalistas dos EUA

17/04/2012 na edição 690
Tradução e edição: Leticia Nunes

No início do mês, o Instituto de Jornalismo Arthur L. Carter, da New York University, divulgou uma lista com os “100 jornalistas mais notáveis nos EUA nos últimos 100 anos”. A lista foi anunciada na data em que são completados 100 anos do início do ensino de jornalismo da NYU, em 3/4. Os jornalistas homenageados foram selecionados por professores e alunos da universidade a partir de mais de 300 profissionais indicados.

Entre os jornalistas escolhidos estão:

** A veterana correspondente de guerra Christiane Amanpour, que trabalha para a ABC News e para a CNN. Nascida em Londres e criada no Irã, Christianese mudou para os EUA para estudar jornalismo.

** A filósofa política Hannah Arendt, nascida na Alemanha, que cobriu o julgamento do político nazista Adolf Eichmann por crimes de guerra, no início da década de 60, para a revista New Yorker; seus artigos foram transformados no livro Eichmann em Jerusalém: Um relato sobre a banalidade do mal.

** Os jornalistasBob Woodward e Carl Bernstein, que eram jovens repórteres do Washington Post no início da década de 70 quando ajudaram a expor o escândalo Watergate, que levou à renúncia do presidente Richard Nixon.

** O cartunista Herbert Block, conhecido como “Herblock”, que trabalhou por 55 anos no Washington Post, até sua morte, em 2001. Foi ele que cunhou o termo “Macartismo”, em 1950.

** A fotógrafa Margaret Bourke-White, uma das primeiras mulheres a cobrir guerras. Muitas de suas fotos foram publicadas na capa da revista Life.

** Tom Brokaw, que ancorou o telejornal Nightly News, da NBC, e as coberturas especiais da emissora, incluindo o 11 de setembro, de 1982 a 2004.

** O fotojornalista Robert Capa, que cobriu, entre outros grandes eventos mundiais, a Guerra Civil Espanhola. Capa era húngaro e se tornou cidadão americano em 1946.

** O romancista Truman Capote, que escreveu, em 1965, o “romance de não ficção” A Sangue Frio, um dos mais respeitados trabalhos do chamado “Novo Jornalismo”.

** O escritor e jornalista Ernest Hemingway, que cobriu a Europa em tempos de guerra e paz para diversos veículos americanos.

** O jornalista e escritorWalter Lippmann,um dos fundadores da revista New Republic, em 1914.

** O jornalista Edward R. Murrow, que se tornou conhecido a partir de transmissões de rádio durante a Segunda Guerra Mundial. Murrow foi um dos pioneiros do jornalismo televisivo, e ajudou a derrubar o senador Joseph McCarthy na década de 50.

** O jornalista literário Gay Talese, autor do famoso perfil do cantor Frank Sinatra publicado em 1966 na Esquire, intitulado “Frank Sinatra está resfriado”.

** O criador do “jornalismo gonzo” na década de 60,Hunter S. Thompson, que cobriu acampanha presidencial de 1972 para a Rolling Stone e escreveu o livro Medo e Delírio em Las Vegas.

** O jornalista e escritorTom Wolfe, um dos criadores do “Novo Jornalismo” e autor de diversos livros, entre eles o romance A fogueira das vaidades.

Veja a lista completa aqui.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem