Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

MONITOR DA IMPRENSA > ELEIÇÕES AMERICANAS

Debate presidencial atrai mais de 70 milhões de telespectadores

09/10/2012 na edição 715
Tradução: Jô Amado (edição de Larriza Thurler)

O primeiro de três debates da campanha presidencial entre o presidente Barack Obama e o candidato republicano Mitt Romney alcançou mais de 70 milhões de telespectadores na noite de quarta-feira (3/10). A empresa de consultoria Nielsen disse que 67,2 milhões de telespectadores assistiram de casa – o mais alto número para um primeiro debate desde 1980. Naquele ano, 80,6 milhões de pessoas assistiram ao único debate, entre o presidente Jimmy Carter e o candidato republicano à presidência, Ronald Reagan. Desde essa época, alguns segundos e terceiros debates superaram a marca dos 67 milhões de telespectadores. De qualquer maneira, os números da quarta-feira são surpreendentemente altos praticamente para qualquer padrão.

Cerca de 52,4 milhões de telespectadores acompanharam o primeiro debate em 2008, segundo a Nielsen, embora esse debate tenha sido realizado numa sexta-feira, uma das noites com mais baixos índices da semana. Cerca de 62,5 milhões de telespectadores assistiram ao primeiro debate em 2004, que também opunha um presidente em exercício a um desafiante.

O total calculado pela Nielsen para o debate de quarta-feira não incluiu pessoas que viam o debate fora de casa (em escritórios, bares ou aeroportos) ou em outros países. Nem tampouco foram incluídos os milhões de pessoas que acessaram o debate a partir de computadores, tablets, smartphones ou celulares. A CNN.com, por exemplo, disse que gravou 1,2 milhão de fluxos ao vivo de sua cobertura do debate em todo o mundo. O gigante de vídeo YouTube disse que seus parceiros tiveram “milhões de imagens ao vivo do debate”, mas não revelou números específicos.

Público jovem e hispânico

Nos onze canais tradicionais que gravaram o debate e o submeteram aos índices da Nielsen, a ABC teve maior audiência, com quase 11,3 milhões de telespectadores durante o debate sem comerciais, segundo a consultoria. A NBC e a CBS ficaram logo atrás, com 11,1 milhões e 10,6 milhões. Já a audiência no canal Fox News foi tão grande quanto a de qualquer outra emissora, com 10,4 milhões de telespectadores durante o debate (acima dos 8,2 milhões em 2008 e 9,6 milhões em 2004). A rede de emissoras da Fox atraiu cerca de 6,9 milhões de pessoas; a CNN, 6 milhões; e a MSNBC, 4,7 milhões. A Fox News, a MSNBC e a CNN são dirigidas a um público mais velho, mas, curiosamente, a CNN teve uma onda de telespectadores entre 18 e 34 anos para o debate – quase 1,5 milhão – contra 882 mil para a Fox News e 772 mil para a MSNBC.

Mais de 2,6 milhões de telespectadores de língua hispânica assistira ao debate na Univision e outros 248 mil, na Telemundo, segundo a Nielsen. O canal com mais baixo índice foi o Current TV, recente canal a cabo liberal de Al Gore, que teve cerca de 100 mil telespectadores. Outra empresa que mede índices de audiência, a Rentrak, assinalou que a audiência total para o debate foi surpreendentemente estável de 21h às 22h30 da noite. A empresa, que acompanha o comportamento de telespectadores em um milhão de residências, detectou um ligeiro aumento às 22h.

A TiVo, que acompanha o comportamento dos telespectadores que possuem gravadores de vídeo digitais, assinalou que o momento do debate mais rebobinado foi às 21h27, quando Romney mencionou seu projeto de cortar o financiamento da TV pública PBS. Cerca de 2,6 milhões de telespectadores acompanharam o debate na PBS. Informações de Brian Stelter [New York Times, 4/10/12].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem