Domingo, 22 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Números constantes, mas mix de produtos migra para o digital

06/11/2012 na edição 719

A tiragem dos jornais nos EUA manteve-se essencialmente a mesma nos seis meses que terminaram no dia 30/9, comparado ao mesmo período do ano anterior, revelou o Audit Bureau of Circulation. Segundo dados do órgão que verifica a circulação dos jornais americanos, 613 jornais que divulgaram resultados diários para ambos os períodos viram a tiragem cair 0,2%. Já nos 528 que mostraram resultados das edições de domingo, o aumento foi de 0,6%.

Entretanto, esses números mascaram uma mudança importante, com um mix de produtos migrando para o digital. Com a rápida adoção de sistemas de pagamento para acesso a conteúdo (as chamadas paywalls), o conteúdo digital pago aumentou para 15,3% do total, comparado aos 9,8% no período de 2011. Isso significa que números impressos estão caindo na mesma proporção.

Essa mudança não é surpreendente, considerando a tendência de pagamento pelo acesso ao conteúdo digital. Mais de 300 jornais agora têm paywalls, com 70 dos 80 jornais regionais da Gannett e 30 da McClatchy fazendo essa transição para o pago. Portanto, as assinaturas digitais estão aumentando. Além disso, jornais que oferecem um pacote de assinaturas que incluem impresso e diversas plataformas digitais podem contar usuários de cada uma dessas plataformas adicionais como nova circulação, desde que a opção digital seja acessada uma vez por mês.

Ao mesmo tempo, muitas editoras – incluindo a Gannett e o grupo The New York Times – estão aumento o valor das assinaturas da versão impressa. Eles estão aceitando alguma perda nos números de tiragem para obter uma receita maior ou igual. Finalmente, os novos pacotes digitais geralmente permitem que aqueles que assinam apenas a edição impressa de domingo tenham acesso a todas as versões digitais, mudando o público leitor de diário para dominical. Por isso que os números de domingo estão melhores para diversos períodos, embora as diferenças sejam pequenas no último semestre como um todo.

Grandes jornais

As tiragens dos maiores jornais do país permaneceram estáveis. Na lista dos cinco primeiros na circulação impressa das edições diárias estão: The Wall Street Journal, USA Today, New York Times, Los Angeles Times eNew York Daily News. O NYTimes ultrapassou o WSJ no número de assinantes digitaise está a apenas 100 mil cópias de passar o USA Today na tiragem impressa. Com o crescimento no digital, o NYTimes tem uma ampla liderança aos domingos, mais do que o dobro do volume do segundo lugar, o Houston Chronicle.

A ABC alerta para o perigo de se fazer muitas comparações – seja entre jornais ou no mesmo jornal ano a ano –, devido a mudanças nas regras, ofertas ou no que as publicações optam por registrar na tiragem. Réplicas das edições digitais e cópias vendidas para leitores digitais podem contar no total pago. Além disso, é possível contabilizar produtos dominicais selecionadas, que muitas vezes têm pouca ou nenhuma notícia, desde que não assinantes tenham pedido para recebê-los em casa. Sob as novas regras, jornais agora tem a métrica de total de contas de clientes. Isso permite que anunciantes tenham acesso a quantas contas duplas o jornal tem sob as regras digitais mais liberais.

Confira os números das tiragens impressas diárias, dominicais e digitais dos 25 maiores jornais aqui. Informações de Rick Edmonds [Poynter, 30/10/12] e de Robert Channick [HispanicBusiness.com, 31/10/12].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem