Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1063
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Mais hispânicos consomem notícias em inglês

30/07/2013 na edição 757

Um número crescente de hispânicos nos EUA está entrando em contato com notícias em inglês, de acordo com um relatório lançado pelo Pew Hispanic Center. Em 2012, 82% dos adultos entrevistados disseram que algumas das notícias que seguiam estavam em inglês. Em 2006, o número era de 78%. Quase um terço dos hispânicos, 32%, recebem suas notícias exclusivamente em inglês, um salto de 10% desde 2006. No mesmo período, o consumo de notícias em espanhol diminuiu em 10%.

Parte dessas mudanças se deve a mudança demográfica dentre os 52 milhões de latinos nos EUA. A imigração de hispânicos está diminuindo e a população nascida ou crescida no país está aumentando, melhorando a fluência em língua inglesa. Mais da metade da população latina adulta, 59%, fala inglês fluentemente. “Nascimentos nos EUA irão continuar a aumentar a população de hispânicos”, disse Mark Hugo Lopez, diretor do Pew Hispanic Center e co-autor do relatório.

As conclusões do relatório trazem bons presságios para veículos em língua inglesa e plataformas de notícias bilíngues, como a Fusion, empreitada conjunta da ABC e Univision que foca em hispânicos biculturais. Refletindo o consumo de mídia em outros grupos, mais latinos também estão acessando suas notícias pela internet, com um salto de 37% em 2006 para 56% em 2012. A porcentagem que vê suas notícias pela TV caiu de 92% para 86% no mesmo período, mas continua maior do que o rádio e os jornais impressos.

Organizações de notícia que atendem comunidades que falam espanhol continuarão a ter audiência. Segundo o relatório, 70% dos hispânicos adultos consideram a cobertura de assuntos relevantes a latinos feita por veículos em espanhol boa ou excelente, contra 59% que expressaram a mesma opinião sobre veículos em língua inglesa.

Um número de crescente de hispânicos não são apenas bilíngues, mas se identificam como biculturais, com herança americana e latina. Segundo Lopez, 35 milhões de latinos menores de cinco anos falam espanhol em suas casas. “Nós vemos alguns padrões dentro da comunidade hispânica que sugerem um interesse em manter raízes culturais”, disse. “Descobrimos que jovens latinos estão sendo instruídos pelos seus pais a enfatizar sua identidade cultural”. Enquanto gerações passadas tentaram se assimilar ao abraçar a identidade americana, muitos latinos se identificam com ambas as culturas, disse Lopez. “Isso sugere que existe um mercado de entretenimento e notícias focado em hispânicos nos EUA”, disse.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem