Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

MONITOR DA IMPRENSA > TV NO REINO UNIDO

Ofcom irá investigar violência em programas juvenis

03/09/2013 na edição 762
Tradução de Rodrigo Neves, edição de Leticia Nunes. Informações de Mark Sweney [“Ofcom investigates violence in TV shows that children watch”, The Guardian, 27/8/13]

O Ofcom, órgão que regula o setor de telecomunicações no Reino Unido, fará um estudo sobre o aumento de cenas violentas em programas de televisão para menores de 18 anos. Segundo o órgão, não é feita uma pesquisa confiável sobre o assunto há pelo menos uma década.

Recentemente, o Ofcom condenou o Canal 4 por exibir conteúdo violento em uma série juvenil antes das nove horas da noite, o que não é permitido no país. Segundo Tony Close, diretor de conteúdo e padrões do Ofcom, proteger menores de idade de “conteúdos potencialmente perigosos” é uma preocupação central do órgão.

Para o Ofcom, faltam “estudos detalhados” nessa área e o órgão pretende comissionar uma pesquisa independente a ser publicada no próximo ano. “Isso irá nos informar sobre o nível de preocupação quanto à violência na televisão e contribuir para nosso trabalho contínuo de reforçar o horário restrito”, diz Close.

No ano passado, o Ofcom publicou uma pesquisa que mostrava que caiu em um terço a proporção de adultos que consideravam excessivas as cenas de sexo, violência e xingamentos na TV desde 2005. Segundo o Canal 4, que exibiu às sete horas da noite a cena da morte de um personagem esmagado por um trem, as cenas eram a conclusão de uma grande trama para a série juvenil e foram transmitidos avisos de que o episódio possuiria cenas de tensão.

O Ofcom argumentou que 15,7% da audiência do programa tinha entre quatro e 15 anos, e 10% estava na faixa entre quatr a nove anos. Para o órgão, o canal quebrou duas regras: proteger crianças de material inapropriado para o horário e limitar e justificar violência antes do horário restrito. “Emissoras devem considerar se atos individuais de violência dentro de um programa são apropriados, assim como se o tom geral é malevolente, ameaçador e alarmante”, declarou o órgão.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem