Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

MONITOR DA IMPRENSA > ‘EMOTIVE’

Programa mapeia sentimento público no Twitter

10/09/2013 na edição 763
Tradução de Rodrigo Neves, edição de Leticia Nunes. Informações de Press Association [“New computer program analyses Twitter to map public sentiment”, The Guardian, 6/9/13]

Um novo programa de computador pode ajudar a acalmar a desobediência civil e identificar ameaças à segurança pública analisando mensagens no Twitter e avaliando o humor de seus usuários. O sistema, batizado de Emotive, pode analisar até duas mil mensagens por segundo e extrair delas uma expressão dentre oito emoções: raiva, nojo, medo, felicidade, tristeza, surpresa, vergonha e confusão.

De acordo com a equipe que o criou, da Universidade de Loughborough, no Reino Unido, é possível utilizar o programa para mapear geograficamente a emoção da nação e sua reação a grandes eventos. O projeto foi financiado pelo Conselho de Pesquisa em Engenharia e Ciências Físicas e pelo Laboratório de Ciência e Tecnologia de Defesa.

O Twitter, junto com o Facebook, é constantemente criticado por ajudar na organização de manifestações populares, como ocorreu durante os violentos protestos que varreram a Inglaterra em 2011.

Tempo real

Segundo pesquisadores, o Emotive pode ajudar a polícia a rastrear comportamentos potencialmente criminais e outras ameaças à segurança pública, além de guiar a política nacional sobre a melhor maneira de reagir a grandes incidentes.

Tom Jackson, responsável pela pesquisa, diz que as mensagens nas mídias sociais expressam acuradamente o que as pessoas sentem em tempo real. “O Twitter é uma plataforma concisa, pela qual usuários expressam como se sentem sobre um evento particular, que pode ser um ato criminoso, uma política pública ou até mesmo uma mudança climática”, explica ele. “Através do programa, podemos coletar essas expressões, mapeá-las geograficamente em tempo real e acompanhar seu desenvolvimento”.

O sistema atualmente está restrito ao Reino Unido, mas pode ser facilmente ampliado para monitorar mensagens globalmente.

 

Leia também

Patrulhas digitais se multiplicam na internet – Carlos Castilho

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem