Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Morre fotojornalista que registrou assassinato de Bobby Kennedy

08/10/2013 na edição 767

O premiado fotojornalista Guillermo Alfredo Eduardo Eppridge, conhecido como Bill Eppridge, morreu no dia 3/10 após sofrer uma infecção séptica, aos 75 anos. Eppridge trabalhou para a revista Life e cobriu grandes acontecimentos dos anos 60, como o movimento por direitos civis, revoluções na América Latina e a primeira visita dos Beatles aos EUA.Ele também trabalhou em publicações de prestígio como National Geographic e Sports Illustrated.

Sua foto mais famosa, no entanto, é o registro do assassinato do senador Robert “Bobby” Kennedy. O político, baleado em um hotel em Los Angeles em junho de 1968, aparece deitado no chão após ser atingido pelo militante antissionista Sirhan Bishara Sirhan – Bobby morreria no dia seguinte, no hospital.

Historiador

Eppridge trabalhava para a Life quando se voluntariou para cobrir a campanha presidencial de Kennedy. O senador havia acabado de discursar no Hotel Ambassador em comemoração à vitória das primárias do estado da Califórnia quando, ao sair pela cozinha, levou dois tiros. Eppridge estava logo atrás dele e soube imediatamente de sua responsabilidade para além do jornalismo. “Me tornei um historiador”, disse, sobre a foto, em entrevistas.

O fotógrafo contava que, naquele momento, teve que colocar de lado sua angústia e fazer seu trabalho. “Eu penso que esse tipo de situação deve ser documentada, deve ser contada para todos aqueles que não entendem os horrores que enfrentamos”. Após o acontecimento, o profissional desistiu de fotografar políticos. “Nunca encontrei outro Bobby”, disse em uma entrevista neste ano.

Rivalidade com a irmã

As fotos de Epprigde já foram expostas no Smithsonian, no High Museum of Art de Atlanta e no Museu de Arte Moderna de São Francisco. Entre os prêmios recebidos por ele está o Joseph A. Sprague Memorial Award, a maior honra concedida pela National Press Photographers Association.

O fotojornalista, de origem argentina – nasceu em Buenos Aires em 1938 –, mudou-se com a família para os EUA ainda criança e começou a fotografar cedo. “Eu tenho uma irmã mais velha que sempre foi uma boa artista. Ela desenha, pinta, esculpe – e eu não consigo nem desenhar uma linha reta. Eu queria fazer algo para competir com ela. Então pedi a ela que me mostrasse como usar uma câmera”, contou ele em uma entrevista em 2011. A rivalidade com a irmã acabou despertando sua paixão e dando início a sua carreira. Eppridge foi contratado pelo jornal local Wilmington Star quando tinha 15 anos, e formou-se em jornalismo pela Universidade do Missouri em 1960.

***

Veja aqui fotos de Bill Eppridge na Life.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem