Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > ETIÓPIA

Blogueiros e jornalistas são acusados de terrorismo

22/07/2014 na edição 808
Tradução: Pedro Nabuco, edição de Leticia Nunes. Informações do Guardian [“Ethiopian bloggers and journalists charged with terrorism”, 18/7/14]

Três jornalistas e sete blogueiros do coletivo Zone9, detidos na Etiópia desde abril, foram formalmente acusados, na semana passada [18/7], de terrorismo por supostas ligações com um grupo de oposição considerado ilegal pelo governo. Eles também são acusados de planejar ataques contra o país.

A página do Zone9 na internet contém comentários políticos e sociais, na maioria críticos ao governo local. O juiz responsável pelo caso alega que o grupo, formado pelos sete blogueiros e três jornalistas, servia uma fachada para atividades clandestinas, acusando-os de planos para “desestabilizar a nação”. O governo argumenta que os membros do Zone9, além de planejar ataques contra a Etiópia, trabalham em conjunto com o grupo de oposição Ginbot 7, considerado organização terrorista pelas autoridades etíopes.

Grupos internacionais em defesa dos direitos humanos declararam que as ações do governo etíope são um ataque à liberdade de imprensa. A Human Rights Watch condenou a acusação, afirmando que a Etiópia está se aproveitando de leis antiterrorismo para silenciar e prender críticos ao governo.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem