Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Jornalismo construtivo estimula engajamento do público

26/08/2014 na edição 813

Reportagens que apresentam soluções para resolver uma questão costumam ser mais compartilhadas entre amigos do que aquelas que apenas apresentam o problema, concluiu um estudo conduzido pelo projeto Engaging News Project, da Universidade do Texas em Austin, em parceria com a organização Solutions Journalism Network.

Esse tipo de reportagem, que tem sido chamado de “jornalismo construtivo” ou “jornalismo de soluções”, consiste em produzir histórias que deem para a audiência uma visão mais compreensiva sobre o assunto, focando na solução para os problemas ao invés de apenas reportá-los.

A jornalista Cathrine Gyldensted, professora na Escola de Mídia e Jornalismo da Dinamarca, acredita que o jornalismo precisa urgentemente de inovações – no conteúdo, ao invés de nas plataformas. De acordo com ela, cada vez mais pessoas dizem que não querem um ciclo de notícias tão negativo.

Para David Bornstein, coautor da coluna Fixes, do New York Times, que explora soluções para problemas sociais, o jornalismo deveria, além de reportar os problemas, oferecer soluções e informar ao leitor o que pode ser aprendido com elas.

Bornstein não acredita, entretanto, que um dos papeis do jornalismo seja fazer com que as pessoas se sintam bem. “A nossa análise do Fixes é que as pessoas querem um jornalismo que dê soluções para os problemas, mas não porque elas querem apenas boas notícias. Na verdade, elas querem informações que as ajudem a entender o mundo e a enfrentar melhor esses problemas”.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem