Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Iranianos condenados a chicotadas por vídeo com dança

23/09/2014 na edição 817

Seis iranianos foram sentenciados a até um ano prisão e 91 chicotadas por terem aparecido dançando em um vídeo ao som da música Happy, do cantor e compositor americano Pharrell Williams. O grupo recebeu sentença suspensa por três anos, o que significa que os três homens e três mulheres inicialmente não serão presos mas, se cometerem delito semelhante neste período, a sentença será aplicada.

O vídeo “Happy we are from Tehran” (Felizes que somos de Teerã) alcançou, em seis meses, mais de um milhão de visualizações no YouTube. Nele, as seis pessoas aparecem dançando jutas ao som da música. Os participantes do vídeo foram identificados e presos pela polícia em maio, por terem violado as leis islâmicas do país, que proíbem as mulheres de aparecer em público sem véu e dançar com membros do sexo oposto.

O advogado do grupo argumentou que todos eles são atores que foram enganados a participar do vídeo achando que se tratava de um teste de elenco. As prisões foram criticadas por entidades de direitos humanos e uma campanha foi criada nas redes sociais exigindo que eles fossem liberados.

O cantor Pharrell Williams protestou contra as prisões, dizendo que ficava “triste por estes jovens terem sido presos ao tentar espalhar a felicidade.”

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem