Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

MONITOR DA IMPRENSA > O FUTURO DO JORNALISMO

Jeff Bezos e o novo ‘Washington Post’

14/10/2014 na edição 820
Tradução: Pedro Nabuco e Leticia Nunes, edição de Leticia Nunes. Informações de Brad Stone [“Jeff Bezos's New Plan for News: The Washington Post Becomes an Amazon Product”, Business Week, 6/10/2014] e David Carr [“The Washington PostRegains Its Place at the Table”, The New York Times, 5/10/2014]

O Washington Post trabalha em seu primeiro experimento em conjunto com a loja virtual Amazon desde que foi comprado por seu fundador, Jeff Bezos, em agosto de 2013. De acordo com fontes do jornal, uma equipe desenvolve um novo aplicativo que irá fornecer notícias e fotos pré-selecionadas do Post pensadas para o formato dos tablets. O aplicativo virá pré-instalado no novo tablet Kindle Fire, que será lançado pela Amazon e terá uma tela de 8.9 polegadas, maior que a dos modelos anteriores. O objetivo do projeto é encontrar novas formas de expandir o conteúdo do jornal no mercado digital de notícias.

Kerry Lauerman, antigo editor-chefe do site Salon, lidera a equipe de desenvolvimento do novo projeto digital, chamado dentro do Post de “projeto arco-íris”. Lauerman foi contratado em julho para trabalhar em “iniciativas focadas na área do mercado em crescimento de leitores em aparelhos portáteis”, de acordo com um pronunciamento divulgado pelo Post. Inicialmente, o aplicativo será disponibilizado gratuitamente para quem comprar o novo Kindle Fire; no futuro, ele poderá ser baixado nos modelos antigos do Kindle e em tablets da Apple e do sistema Android.

Clima de otimismo

Desde que comprou o Post da família Graham no ano passado, Bezos fez reformulações no jornal. Contratou cerca de 100 novos jornalistas e fez com que o diário investisse em reportagens de qualidade, fato que foi lembrado recentemente por David Carr, colunista de mídia do New York Times, como uma das razões para o jornal ter saído da crise editorial que se encontrava antes da troca de donos. Para Carr, o investimento de Bezos em novos profissionais “criou uma atmosfera de confiança e estabilidade financeira”.

Martin Baron, que assumiu o cargo de editor-executivo do Post no início de 2013, ressalta a importância desta atmosfera. “Com Jeff [Bezos], nós temos a estabilidade e os recursos para investir”. Para Baron, “repórteres precisam saber que têm apoio, que seus colegas não vão desaparecer e que podem fazer seu trabalho sem se preocupar o tempo inteiro que irão perdê-lo. O otimismo, assim como a negatividade, pode ser infeccioso”.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem