Consumo de mídia reflete polarização política | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1001
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > PESQUISA NOS EUA

Consumo de mídia reflete polarização política

28/10/2014 na edição 822
Tradução: Pedro Nabuco, edição de Leticia Nunes. Informações de Todd Wasserman [“Facebook Is a Bigger Source for Political News Than CNN, Fox”, Mashable, 21/10/14] e Chros Ariens [“Fox News and MSNBC Have the Same Amount of ‘Mostly Liberal’ Viewers”, Media Bistro, 21/10/14]

De acordo com uma pesquisa do Pew Research Center, o Facebook é a segunda fonte de notícias mais acessada pelos americanos com internet para a obtenção de notícias políticas, atrás apenas da televisão local. Segundo o estudo, divulgado em outubro, 49% dos entrevistados responderam que obtêm suas notícias políticas através da televisão local, enquanto 48% disseram que recebem as notícias pela rede social. O Facebook chega a superar os canais de notícias a cabo CNN, com 44%, e Fox News, com 39%.

O curioso é que, como boa parte das notícias políticas que o usuário vê na sua timeline na rede social é influenciada pelo seu comportamento (o que curte, onde comenta etc.) e pelo tipo de conteúdo compartilhado por seus amigos, trata-se de um ambiente bastante restrito.

De acordo com o Pew, esta pode ser uma das razões para a crescente polarização política nos EUA. “Quando se trata de obter notícias sobre política, os liberais e conservadores habitam mundos diferentes. Existem poucas fontes de notícias em comuns entre eles”, escreveram os autores da pesquisa.

Ainda sobre a polarização no Facebook, mais liberais (44%) bloqueariam um amigo na rede por causa de uma desavença política do que os conservadores (31%) e os usuários que não se identificam com um dos lados (26%)

Entre os entrevistados considerados liberais, os canais a cabo CNN e MSNBC, a NPR e o jornal New York Times são as fontes de notícias mais citadas. Já entre os conservadores, nenhuma mídia chega perto da Fox News: 47% afirmaram que o canal a cabo – claramente identificado como conservador – é sua principal fonte de notícias. Uma curiosidade nos resultados da pesquisa é o Wall Street Journal, único jornal que recebe a confiança dos dois lados.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem