Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > ‘ORANGE COUNTY REGISTER’

Jornal pede que repórteres ajudem a distribuir exemplares

18/11/2014 na edição 825
Tradução e edição: Leticia Nunes. Informações de Andrew Khouri [“O.C. Register asks reporters to help deliver its newspapers”, Los Angeles Times, 14/11/14] e Sharon Bernstein [“California newspaper asks reporters to help with deliveries”, Reuters, 14/11/14]

O termo “multitarefa” atingiu um novo patamar no Orange County Register, um dos maiores jornais da Califórnia. Os funcionários da redação receberam um email pedindo que ajudem a distribuir os exemplares aos domingos e no feriado de Ação de Graças, em 27/11, já que a empresa está com problemas de distribuição desde o início de outubro, quando teve de trocar o prestador responsável pelo serviço. Em troca da ajuda, repórteres e outros funcionários editoriais receberão vale-presentes no valor de 150 dólares.

O Register, com sede na cidade de Santa Ana, tinha um contrato de distribuição com o Los Angeles Times, mas foi avisado, em setembro, de que estava devendo cerca de 2,5 milhões de dólares e teria 30 dias para pagar. A empresa Freedom Communications, que publica o jornal, decidiu arrumar um novo distribuidor porque o Times se recusou a garantir que, mesmo diante da dívida, não interromperia a entrega. O Times abriu um processo contra o Register alegando quebra de contrato. Para piorar a situação, o novo sistema de distribuição apresentou problemas: em algumas rotas, os jornais são entregues com atraso e, por vezes, não chegam.

“Foi solicitado que a empresa inteira – todos os departamentos, incluindo nossa redação – ajudasse durante o que tem sido claramente uma situação difícil. [A ajuda] é estritamente voluntária”, afirmou à Reuters o editor-chefe do jornal, Rob Curley. “É algo incomum. E é frustrante que estejamos nesta posição. Mas é temporário. O ponto é que todos nós queremos que nossos leitores leais recebam seu jornal de manhã cedo”.

“Nós nos importamos”

O Register também já havia pedido aos funcionários da redação que ligassem para os leitores afetados pelos problemas de distribuição, em um movimento que batizou de “Nós nos importamos”. Em declaração, o publisher interino, Richard Mirman, afirmou que a cooperação dos funcionários tem como objetivo garantir que todos os leitores recebam seu jornal sem atraso. A ideia é que cada funcionário que concordar em participar da entrega distribua entre 500 e 600 exemplares. “É importante que nossos consumidores saibam que nós nos importamos com eles e que estamos trabalhando duro para resolver nossos problemas”, afirmou Mirman.

A Freedom Communications se recuperou saiu de um processo de falência em 2010 e dois anos mais tarde foi comprada pelo empresário Aaron Kushner, que injetou milhões de dólares no Register, permitindo a ampliação da redação e trazendo fôlego novo à publicação. Mas o fôlego parece ter acabado rápido, e dezenas de repórteres e editores foram demitidos nos últimos meses.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem