Segunda-feira, 25 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > REUTERS

Agência aposta em contato direto com o público

04/07/2005 na edição 336

Fundada em 1851, a agência de notícias Reuters transmite suas informações por intermédio de jornais, rádios, emissoras de TV e sítios na internet. Mas na reunião da cúpula do G-8 (que inclui os sete países mais ricos do mundo e a Rússia), realizada neste mês na Escócia, ela oferecerá seus serviços diretamente ao público. Parte do seu sítio foi dedicada exclusivamente para a cobertura com textos e vídeos do Live 8, festival de música realizado em dez cidades de quatro continentes, durante o fim-de-semana passado.

Para a Reuters, fornecer informações sobre o encontro do G-8 diretamente aos leitores é uma tentativa de aumentar o lucro da divisão de mídia da agência, que atualmente responde por 7% da companhia. Ela acredita que a cúpula e os eventos que a cercam são uma boa oportunidade para fortalecer a confiança do público em sua marca e conquistar o mercado publicitário online, em expansão. Hoje, a maior parte da renda da Reuters provém do fornecimento de informações sobre economia e tecnologia para investidores e profissionais de negócios, mas a empresa vem perdendo parte deste mercado para a Bloomberg.

A Associated Press não seguirá a iniciativa da agência rival para não concorrer diretamente com seus membros, pois é estruturada como uma cooperativa assinada por jornais e emissoras de televisão. Informações de Katharine Q. Seelye [The New York Times, 27/6/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem