Terça-feira, 20 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Amazon lança Kindle para leitura de jornais

07/05/2009 na edição 536

Para atrair mais interessados no leitor eletrônico Kindle, a
livraria virtual Amazon anunciou o lançamento de um modelo com o dobro do
tamanho de tela da versão atual, destinado à leitura de jornais e livros
acadêmicos. O aparelho já pode ser pré-encomendado por US$ 489, com entrega
prevista para este ano. Com a tela maior, o aparelho é capaz de exibir
documentos em PDF e armazenar 3,5 mil livros, comparado aos 1,5 mil do
anterior.


Segundo Jeff Bezos, CEO da Amazon, que exibiu o novo aparelho em evento
realizado esta semana em Nova York, o objetivo é fazer da livraria líder no
mercado de livros e jornais eletrônicos, na medida em que o uso de mídia digital
cresce em todo o mundo. Um tela mais ampla poderia tornar o Kindle mais atrativo
para um número maior de consumidores e seria um diferencial entre os rivais,
como o leitor da Sony. ‘A Amazon está correndo para consolidar sua posição como
líder de mercado’, avalia Sarah Rotman Epps, analista da Forrester Research. ‘No próximo ano, haverá vários aparelhos como
este, com telas maiores e capazes de disponibilizar a leitura de
jornais’.


Acordos e lucros


A Amazon já fez acordos com diários e universidades para expandir o alcance
do Kindle. Os jornais New York Times, Washington Post e Boston
Globe
venderão o aparelho com desconto para assinantes onde a entrega
domiciliar não está disponível. De olho no mercado acadêmico, a Amazon irá
lançar um programa-piloto com universidades, incluindo Princeton, Arizona State
e Case Western Reserve. Cerca de 50 estudantes desta última usarão o aparelho
para as disciplinas de química, ciência da computação e inglês. Posteriormente,
seus desempenhos acadêmicos serão comparados com aqueles que usaram livros
tradicionais, informou Lev Gonick, diretor da escola.


Mark Mahaney, analista do Citigroup em São Francisco, estima que o novo
Kindle gere US$ 1,2 bilhão em lucros até 2010. Analistas estimam que a Amazon
obtenha mais de US$ 22 bilhões este ano com a venda da nova versão. Informações
de Joseph Galante e Amy Thomson [Bloomberg, 6/5/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem