Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Americano escapa de bomba em Bagdá

02/12/2008 na edição 514

Um jornalista americano e três colegas iraquianos escaparam, no domingo (30/11), de uma explosão em seu carro. Ivan Watkins, repórter da National Public Radio, contou que havia ido entrevistar pessoas em um café próximo a um ponto de controle militar, em Bagdá. Ele estava acompanhado do produtor e intérprete Ali Hamdani e de dois motoristas que não se identificaram por razões de segurança.

Ao voltar para o carro, 45 minutos depois, o grupo foi parado no meio do caminho por soldados iraquianos, que disseram ter sido informados de que havia uma bomba no veículo. O artefato, colocado embaixo do banco do motorista, explodiu logo depois, mas ninguém ficou ferido. Soldados americanos e iraquianos afirmaram que a bomba foi possivelmente detonada por controle remoto.

Os militares iraquianos disseram ter prendido um suspeito, acusado de ligações familiares com um membro da al-Qaeda no país. O uso desta bombas, ‘coladas’ em carros, ônibus e caminhões, tornou-se comum em Bagdá desde o aumento do controle de segurança na cidade – o que dificultou que extremistas usem carros-bomba com alta carga de explosivos. Informações de Kim Gamel [Associated Press, 30/11/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem