Terça-feira, 16 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1046
Menu

ENTRE ASPAS >

Anunciados vencedores do Pulitzer de 2011

19/04/2011 na edição 638

Foram anunciados na segunda-feira (18/4) os vencedores da edição de 2011 do Prêmio Pulitzer. New York Times e Los Angeles Times se destacaram com dois prêmios cada. A organização de jornalismo investigativo online ProPublica foi premiada pelo segundo ano consecutivo – desta vez, levou a categoria de reportagem nacional por uma matéria sobre como alguns banqueiros de Wall Street exageraram a crise financeira para engordar suas próprias carteiras.


A ProPublica, fundada em 2007, é uma ‘redação independente, sem fins lucrativos, que produz jornalismo investigativo pelo interesse público’, segundo descrição no próprio site. A organização publica seus artigos online. No ano passado, quando ganhou por uma investigação sobre a prática da eutanásia em um hospital de New Orleans, a matéria havia sido publicada também na revista do New York Times. A reportagem premiada este ano saiu apenas no site da ProPublica – o que é considerado uma vitória para o jornalismo online: é a primeira vez que um Pulitzer é concedido a um trabalho que não foi publicado em papel.


Medalha


O LA Times ganhou o prêmio de Serviço Público pela exposição da corrupção de autoridades da cidade de Bell, na Califórnia. Serviço Público é a categoria de maior prestígio do Pulitzer – o vencedor recebe uma medalha de ouro. O jornal levou também a categoria de fotografia, com imagens de vítimas da violência de gangues. O New York Times foi premiado por reportagem internacional, por uma série sobre a Rússia; e por opinião, entregue ao jornalista e colunista de economia David Leonhardt.


Este foi o primeiro ano em que não foi concedido o prêmio de furo de reportagem. Nenhum dos finalistas – Chicago Tribune, The Tennessean e uma parceria entre o Miami Herald e o Nuevo Herald – recebeu a quantidade necessária de votos.


O Prêmio Pulitzer, fundado em 1917, é organizado anualmente pela Universidade de Columbia. Considerado o prêmio de maior prestígio do jornalismo americano, foi idealizado pelo publisher Joseph Pulitzer, que determinou a premiação em seu testamento como um ‘incentivo à excelência’. Além da medalha de ouro concedida ao vencedor do prêmio de Serviço Público, os vencedores das outras categorias recebem 10 mil dólares cada. Além de jornalismo, também são premiadas obras de literatura (ficção, não ficção, biografia, poesia e história), dramaturgia e música.


Lista completa dos premiados aqui.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem