Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > ROLLING STONE

Anúncio da Bíblia é rejeitado

25/01/2005 na edição 313

A revista Rolling Stone rejeitou anúncio publicitário da Zondervan, a maior editora de bíblias dos EUA, poucas semanas antes da data da publicação. Segundo Cathy Lynn Grossman [USA Today, 18/1/05], a afirmação ‘verdade’ contida na peça da Bíblia foi o principal fator para a recusa da revista, que declarou ser contrária a anúncios de discurso religioso. A Zoverdan comprou o espaço publicitário da revista em julho de 2004, para publicação em fevereiro, mas quando os executivos da Wenner Media (dona da Rolling Stone) viram a cópia da propaganda concluíram que não condizia com a posição da revista.

A direção da Rolling Stone não mostrou regulamento escrito proibindo tais propagandas, reclama o jornal. Segundo o gerente geral da Wenner Media, Kent Brownridge, ‘é difícil ter uma política única que englobe todos os anúncios’. O vice-presidente de marketing da Zoverdan, Doug Lockhart, ofereceu mudar o texto recusado pela revista.

O anúncio na Rolling Stone era parte da campanha de US$ 1 milhão que a Zoverdan vem promovendo, visando conquistar jovens que não lêem a Bíblia. Pesquisas mostraram que 53% das pessoas nessa faixa etária lêem a Bíblia no máximo uma vez por ano, mas são grandes compradores de livros com temas religiosos e espirituais. As revistas The Onion e Modern Bride e os sítios da internet VH1 e MTV fazem parte da estratégia e vão publicar anúncios similares da Zoverdan.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem