Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

AP deve eliminar 10% da equipe em 2009

25/11/2008 na edição 513

A Associated Press deve eliminar 10% de sua equipe em 2009, segundo fontes próximas à agência de notícias. A AP emprega, hoje, cerca de três mil jornalistas e um total de 4.100 funcionários em diversos países. O corte deve afetar cerca de 400 cargos.


Em um memorando interno, o executivo-chefe Tom Curley afirmou que haverá uma reestruturação no modelo de negócios da agência. Ainda não é possível estimar como, e se, os cortes afetarão o fluxo de conteúdo gerado pela AP. A agência tem 240 escritórios em todo o mundo e 1.500 jornais membros nos EUA – criada há 162 anos, ela funciona como uma cooperativa.


Além da crise financeira, a AP teve um ano complicado. Depois que alguns jornais recusaram um plano de tarifas que a agência pretendia implementar, foi anunciada a revisão dos pacotes de serviços para que seja possível baixar os preços. Algumas companhias jornalísticas, insatisfeitas com as tarifas cobradas pela AP, chegaram a anunciar o rompimento com a agência – o que, pelo contrato com os clientes, requer um aviso prévio de dois anos. Informações de Robert MacMillan [Reuters, 20/11/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem