Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1018
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

AP inocentada por publicação de fotos

18/07/2005 na edição 338

Tribunal federal americano considerou improcedente um processo contra a agência AP [14/7/05] e seu repórter Seth Hettena por haverem publicado fotos de soldados das forças especiais da Marinha dos EUA desrespeitando prisioneiros iraquianos. As imagens foram conseguidas em um sítio de fotos na internet, e foram publicadas pela mulher de um dos militares. Elas mostravam, entre outras coisas, soldados apontando armas e sentando sobre iraquianos amarrados. A promotoria alegou que a AP teria infringido leis de direito autoral e privacidade. No entanto, as fotografias foram encontradas através do buscador Google e estavam acessíveis a qualquer pessoa.



Iraniano escapa da pena de morte

O blogueiro iraniano Mojtaba Saminejad, de 25 anos, condenado a dois anos de prisão em junho por insultar o líder supremo de seu país, aiatolá Ali Khamenei, foi absolvido da acusação de ‘insulto aos profetas’, da qual era julgado separadamente. Por ela, Saminejad poderia ser condenado à morte. O advogado do blogueiro apresentou ao tribunal o depoimento de dois aiatolás conservadores afirmando que os artigos publicados por ele em seu sítio na internet não poderiam ser interpretados como um insulto aos profetas. Informações dos Repórteres Sem Fronteiras [11/7/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem