Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Autoridades suspeitas em desaparecimento de editor

27/08/2010 na edição 604

O ministro do Interior da Ucrânia, Anatoly Mogiliov, afirmou suspeitar que autoridades estejam envolvidas no desaparecimento de um jornalista que divulgou casos de corrupção oficial, noticia Anna Melnichuk [AP, 26/8/10].

Vasily Klymentyev, editor de um semanário na cidade de Kharkiv, na Ucrânia, está desaparecido há duas semanas. O seu subeditor revelou que Klymentyev foi ameaçado, após ter se recusado a aceitar dinheiro para não publicar uma matéria sobre um promotor regional acusado de aceitar propinas para encerrar casos criminais. ‘Suspeitamos que autoridades do sistema judiciário, tanto anteriores quanto atuais, como polícia, forças especiais de segurança, promotores, entre outros, possam estar envolvidas no caso’, disparou o ministro.

Grupos de defesa de direitos humanos internacionais expressaram preocupação sobre a deterioração da liberdade de mídia na Ucrânia, desde que o presidente Viktor Yanukovych foi eleito em fevereiro. A Organização para Segurança e Cooperação na Europa pediu uma investigação ‘transparente e rápida’.

Em 2000, o jornalista Heorhiy Gongadze foi morto no país. Ele também escreveu matérias sobre corrupção que envolviam o então presidente Leonid Kuchma. O repórter ficou desaparecido por meses, antes de seu corpo decapitado ter sido encontrado perto de Kiev.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem