Sábado, 22 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > JERRY SPRINGER – THE OPERA

BBC reage a ameaças contra executivos

18/01/2005 na edição 312

Os protestos de cristãos, até agora pacíficos, contra a exibição do programa Jerry Springer – the Opera pela BBC tomaram um novo rumo. Advogados da rede de TV pública britânica denunciaram à polícia ameaças recebidas por alguns de seus executivos. A BBC solicitou que o grupo Christian Voice retire de seu sítio da internet os endereços e telefones residenciais de 15 executivos da corporação. Jason Deans [The Guardian, 10/1/05] noticiou que a BBC foi forçada a usar uma firma de segurança privada para proteger os executivos.

O Christian Voice atendeu o pedido, mas o diretor nacional do grupo, Stephen Green, declarou à imprensa ter planos de entrar com um processo particular contra a corporação por infringir a lei de blasfêmia. A BBC se reuniu com as principais organizações cristãs do país para debater a transmissão do programa.

Protestos internos

Chris Tryhorn [The Guardian, 12/1/05] informou que o produtor de rádio da BBC Antony Pitts pediu demissão em protesto pela decisão da emissora de transmitir o musical de Jerry Springer. Pitts declarou que o programa é ofensivo à fé cristã e não voltou atrás mesmo depois da intervenção pessoal do diretor-geral da BBC, Mark Thompson. Pitts revelou que ameaçou sair antes do primeiro programa ser exibido, mas concordou em ficar até assisti-lo e formar uma opinião.

O programa gerou mais de 50 mil queixas. Porta-voz da BBC afirmou que a decisão de transmitir o musical foi tomada ‘depois de cautelosa consideração e reflexão’. Ele acrescentou que a emissora lamenta que Pitts tenha considerado necessário o pedido de demissão.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem