Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > ITÁLIA

Berlusconi quer controlar conteúdo de TV na internet

19/01/2010 na edição 573

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, que possui um império de mídia no país, tem planos de regular a TV na web. No dia 17/12, o governo havia aprovado regras que se tornarão leis em 27/1, a menos que partidos da oposição consigam impedir as mudanças na corte administrativa. As normas podem dar ao órgão regulador de telecomunicações da Itália o poder de monitorar sites de vídeos diariamente, solicitando que conteúdo considerado violador de direitos autorais seja removido; caso contrário, os provedores poderão ser multados em até 150 mil euros.

O Google expressou temor por conta de possível limitação do acesso ao site de compartilhamento de vídeos YouTube, de sua propriedade, e da pressão que provedores de internet irão sofrer para monitorar conteúdo. ‘Há uma preocupação, pois a lei atribui aos provedores as mesmas responsabilidades das redes de TV, que administram o seu próprio conteúdo. O YouTube, no entanto, apenas disponibiliza sua plataforma ao público’, afirma Marco Pancini, conselheiro de políticas públicas do Google na Europa.

O grupo de mídia Mediaset, que pertence à família de Berlusconi, processa o YouTube por violação de direitos autoriais e pede US$ 724 milhões em danos. Partidos da oposição criticaram as medidas do governo e pediram à corte administrativa que impeça sua aplicação. Informações de Steve Scherer e Chiara Remondini [Bloomberg, 15/1/10].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem