Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1033
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Blogueira acusada de propaganda contra o governo

02/04/2009 na edição 531

A blogueira Yoani Sanchez foi acusada por autoridades cubanas de fazer ‘provocações contra a Revolução Cubana’ ao falar publicamente sobre a censura no país durante um festival de arte em Havana. Yoani ficou conhecida no exterior pelo popular blog Generación Y, crítico ao governo de Cuba, e foi considerada pela revista Time uma das personalidades mais influentes do mundo em 2008. Em seu país, entretanto, o número de leitores é modesto porque o acesso à internet é restrito.


No domingo (29/3), a blogueira aproveitou uma performance de uma artista durante um evento da Bienal de Havana e leu um manifesto onde dizia que a internet está abrindo uma ‘rachadura’ no controle governamental. ‘Chegou a hora de pularmos sobre o muro de controle’, afirmou. A obra da artista Tania Bruguera consistia em um microfone, e as pessoas podiam dizer o que quisessem por um minuto. ‘Como os microfones não são abundantes, aproveitei a oportunidade’, afirmou Yoani em seu blog, ao explicar a participação no evento.


Em resposta, o comitê organizador da Bienal divulgou uma declaração na internet dizendo que considera a atitude de Yoani ‘um episódio anticultural de vergonhoso oportunismo que ofende artistas cubanos e estrangeiros que vieram mostrar seu trabalho e solidariedade’. Sem ter seu nome citado, a blogueira é descrita no documento como uma ‘profissional dissidente’ e uma das pessoas ‘a serviço da estrutura de propaganda anticubana que repetem as reivindicações gastas de ‘liberdade’ e ‘democracia’ ordenadas por seus patrocinadores’. Informações de Esteban Israel [Reuters, 1/4/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem