Domingo, 21 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1046
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Blogueiros detidos no Irã

10/05/2005 na edição 328

As autoridades iranianas têm fechado o cerco aos blogueiros do país, informa a organização Repórteres Sem Fronteiras [4/5/05]. O pior local para os chamados ciberjornalistas é a cidade de Qom, onde pelo menos três blogueiros enfrentam situações desproporcionais ao atos que cometeram. O jornalista Mojatba Lotfi, condenado em fevereiro a quase quatro anos de prisão por artigos divulgados na internet, teve sua saúde agravada pelas condições do cárcere.

O professor Mohamad Reza Fathi foi intimado a depor sobre seu blog, no qual ele critica o governo e o prefeito da cidade de Saveh, próxima a Qom. Dias depois de ser interrogado, Fathi foi detido em frente a seus alunos e os policiais desfilaram com ele algemado pela cidade. O professor ficou preso por três dias e, ao ser libertado, foi obrigado a fechar sua página na Rede. Depois de tudo isso, ainda terá que responder a acusações de publicação de informação falsa, insulto e distúrbio da paz.

Já Farid Modaressi, blogueiro que havia ficado preso por um mês no fim do ano passado, foi intimado, depois de escrever comentários sobre o presidente do país, a comparecer ao tribunal de Qom este mês por acusações de ‘insulto aos membros do regime’. Ele também foi intimado a comparecer ao tribunal de Teerã, capital do Irã, onde é acusado de ‘atacar a segurança do estado’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem