Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1059
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Blogueiros premiados por cobertura pós-eleição

20/10/2009 na edição 560

O prêmio Mohamed Amin, que reconhece anualmente indivíduos que trabalham nos bastidores das notícias, homenageou em sua edição de 2009 os blogueiros iranianos, por conta de seus esforços para cobrir a controversa eleição presidencial do Irã, realizada em junho. A jornalista Delbar Tavakoli, que deixou o país após perder seu emprego, recebeu o prêmio, patrocinado pela Thomson Reuters, em nome dos blogueiros, ‘pelo compromisso, coragem e dedicação sob condições estressantes e pressão intensa enquanto cobriam as eleições presidenciais’. ‘Blogueiros iranianos redefiniram o conceito de jornalismo-cidadão e redes sociais quando se tornaram a única fonte de notícias no Irã pós-eleição’, afirmou Christoph Pleitgen, gerente de negócios da Reuters.

A premiação foi criada em 1997 em homenagem ao cinegrafista da Reuters África Mohamed Amin, morto em um atentado aéreo. ‘Dedico este prêmio a jornalistas iranianos que trabalharam duro para deixar o mundo saber o que está acontecendo no Irã’, disse Delbar.

Dezenas de repórteres, fotógrafos e blogueiros saíram do Irã ou estão tentando deixar o país por medo de retaliação, após a cobertura das eleições. Muitos foram presos e alguns permanecem escondidos. O governo iraniano, que fechou diversos jornais nos últimos meses, acusou a mídia de mentir sobre os violentos protestos ocorridos após o pleito. ‘Quero voltar ao meu país. Deixei de escrever, contra a minha vontade, pela primeira vez em 13 anos’, contou Delbar, que está em Istambul. Informações de Paul de Bendern [Reuters, 16/10/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem