Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CADERNO DO LEITOR > MÍDIA E JUSTIÇA

Boston.com e GateHouse chegam a acordo

28/01/2009 na edição 522

Chegou ao fim, esta semana, o processo de violação de direitos autorais e de marca aberto no mês passado pela GateHouse Media Inc. contra o New York Times Co. – grupo proprietário dos jornais New York Times e Boston Globe e do sítio Boston.com. As duas companhias entraram em um acordo no dia em que o caso deveria ir a julgamento na Corte Distrital dos EUA.


Segundo a GateHouse, a seção ‘Your Town’, do Boston.com, usava sem permissão manchetes e chamadas de seu sítio Wicked Local. Além disso, o Boston.com fornecia links que remetiam às matérias do Wicked Local – o que poderia, na opinião da empresa, confundir os internautas. Nenhuma das partes pagou por danos ou admitiu estar errada.


Pelo acordo, o New York Times Co. concordou em retirar – até o dia 1/3 – todo conteúdo da Wicked Local postado no Boston.com, e a GateHouse fará uso de ‘soluções tecnológicas’ para evitar que os incidentes ocorram novamente – não foi especificado quais serão estas soluções. Uma das possíveis maneiras seria colocar um aviso alertando que determinadas seções não devem ser copiadas. Grandes sítios costumam respeitar este aviso. ‘Para ser claro, sempre respeitamos estes protocolos antes mesmo deste litígio’, afirmou Bob Kempf, vice-presidente para produtos e tecnologia do Boston.com. ‘Se eles colocarem uma barreira, vamos honrá-la’.


Linha tênue


O caso foi intensamente acompanhado por jornalistas e blogueiros. ‘Estou muito feliz que tudo tenha sido resolvido, pois se um juiz estipulasse regras sobre o que é possível ou não de ser reproduzido [na rede], isto teria certamente efeito sobre nós’, opinou Dan Kennedy, professor de jornalismo da Universidade de Northeastern.


A GateHouse é proprietária de 97 jornais, 400 publicações e 260 sítios que atingem mais de 10 milhões de pessoas em 21 estados americanos. Kirk Davis, presidente da companhia, ficou satisfeito com a decisão. ‘Estamos tentando construir nosso negócio online com conteúdo local original. Isto precisa ser promovido e, em alguns casos, defendido’, disse. Informações da AP [27/1/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem