Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1034
Menu

CADERNO DO LEITOR >

Christian Science Monitor se despede das bancas

31/03/2009 na edição 531

O centenário jornal Christian Science Monitor publicou sua última edição diária impressa na semana passada, adotando uma estratégia majoritariamente online, noticia Rodrique Ngowi [AP, 26/3/09]. O sítio terá mais atualizações, além de conteúdo em áudio e vídeo. O editor John Yemma espera que estas mudanças ajudem o jornal a aumentar sua receita anual – hoje no valor de US$ 12,5 milhões.


A transição do impresso para o online levou dois anos. Na década de 70, a tiragem do Monitor chegou a mais de 220 mil exemplares. No ano passado, a média era de 50 mil. A publicação sem fins lucrativos – financiada pela igreja First Church of Christ, Scientist, de Boston – quer diminuir sua dependência de subsídios, que totalizaram US$ 20 milhões em 2008. Deste valor, US$ 13,3 milhões vieram da igreja e US$ 6,8 milhões, de seu fundo de doações.


O jornal continuará a ter uma edição semanal impressa, que será lançada a partir de 12/4, exclusiva para assinantes. A assinatura anual passará de US$ 219 para US$ 89. A diferença de custo da publicação de uma edição diária para uma semanal implicará na economia de US$ 10 milhões. O Monitor também terá uma versão diária por e-mail, que poderá ser impressa pelo internauta, cujo valor ainda não foi determinado. A edição semanal impressa terá 44 páginas e contará com gráficos, fotos e cartuns.


Migração digital


Outros jornais americanos, como o Seattle Post-Intelligencer, também estão migrando para o meio online, diante da crise econômica. O Monitor é um caso especial, no entanto, pois a maioria de suas cópias era entregue aos assinantes pelo correio. A última edição nas bancas trouxe uma explicação sobre a mudança, apresentada como uma iniciativa ‘amplamente acompanhada por outras organizações de mídia, muitas delas também sofrendo mudanças’. ‘Nossos três formatos – rede, semanal e e-mail – constituem a versão de hoje do jornal internacional fundado por Mary Baker Eddy, em 1908’, escreveu Yemma, referindo-se à fundadora da igreja. ‘Pense desta maneira: estamos vestindo novas roupas de uma nova era, mas somos ainda o mesmo Monitor, comprometido ao mesmo objetivo ao qual aderimos desde o lançamento, há um século: ´não ferir ninguém, mas abençoar a todos´’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem