Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1054
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Christiane Amanpour terá programa diário

27/11/2008 na edição 513

A jornalista Christiane Amanpour, principal correspondente internacional da CNN, ganhará em 2009 um programa diário de notícias. Ainda não há data de estréia, mas sabe-se que o programa deve ser exibido na CNN International, à noite, e nos fins de semana, em versão editada, no canal americano. O projeto ainda está em fase inicial: não foram definidos título, produtor ou formato. Christiane tem certeza apenas de que continuará viajando. ‘Sou uma pessoa de campo; está nos meus ossos e no meu DNA’, diz.


Em 25 anos na CNN, a jornalista tornou-se modelo do cargo que ocupa. Ela esteve presente na grande maioria das guerras, genocídios, cenários de desastres naturais e de miséria das últimas duas décadas, entrevistando vítimas e os mais controversos líderes políticos e religiosos. ‘Eu acho que isso é muito importante’, afirma. ‘Porque você não pode simplesmente sentar e opinar sobre as notícias; você tem que ir até lá e reportar aquilo’.


Estrela


Segundo Tony Maddox, vice-presidente executivo do canal internacional da CNN, o programa de Christiane terá grandes entrevistas, reportagens e debates no estúdio. ‘Nós queríamos o maior nome para estar no centro de nosso horário nobre internacional, e quando pensamos em super estrelas globais, esta lista praticamente começa e termina com Christiane Amanpour’, diz. A CNN International atinge cerca de 240 milhões de lares em todo o mundo.


Christiane, hoje com 50 anos, diz que a possibilidade de apresentar um programa diário nunca havia sido cogitada pela emissora. Ela própria não tinha vontade de fazê-lo, ocupada que estava percorrendo os lugares mais perigosos do mundo. Nos últimos anos, entretanto, as coisas mudaram: a jornalista virou mãe – Darius tem hoje oito anos – e passou a concentrar suas energias em documentários para a CNN, mais do que em coberturas longas. Entre produções recentes estão ‘Nos passos de bin Laden’, ‘Guerreiros de Deus’, premiado no ano passado com o Peabody, e um programa inédito sobre genocídio, que deve ir ao ar no início de dezembro. No início do ano, Christiane – que nasceu no Reino Unido e foi criada no Irã – mudou-se de volta para os EUA. Nas últimas duas décadas, viveu na Alemanha, Paris e Londres. Com informações de Elizabeth Hansen [The New York Times, 24/11/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem