Domingo, 16 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1041
Menu

ENTRE ASPAS >

Cinegrafista morto por explosão no Iraque

22/10/2009 na edição 560

A polícia do Iraque reportou, nesta quarta-feira [21/10], a morte do cinegrafista iraquiano Orhan Hijran em uma explosão de uma bomba na beira de uma estrada, na cidade de Kirkuk. O ataque deixou ferido o correspondente Mohammed Shahid, que trabalha na emissora al-Baghdadiyah, com sede no Cairo. Jawdat Assaf, director da emissora al-Rasheed, onde Hijran trabalhava, confirmou a morte do cinegrafista. Os dois homens faziam parte da minoria xiita, e a polícia ainda não sabe se eles eram alvos específicos.


Outros ataques em Kirkuk e em Mosul, também nesta quarta-feira, deixaram outros oito mortos, entre eles uma criança. De acordo com o Comitê para a Proteção dos Jornalistas, com sede em Nova York, pelo menos 140 jornalistas foram mortos no Iraque desde a invasão liderada pelos EUA, em março de 2003. Informações da AFP [21/10/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem