Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CADERNO DO LEITOR > NA REDE

CNN e Facebook se unem na cobertura

21/01/2009 na edição 521

A posse de Barack Obama serviu como (boa) experiência para a integração entre a televisão e as novas mídias, em especial as redes sociais na internet. Muitos sítios de notícias aproveitaram a ocasião para ampliar a cobertura online, com transmissões da cerimônia e dos outros eventos que tomaram conta de Washington na terça-feira (20/1), além de muitos comentários postados na rede.


O sítio da CNN foi além. De um lado da página, era possível assistir a um noticiário e a vídeos feitos em três pontos da capital, por uma equipe de âncoras selecionada especialmente para a web. Do outro, a página foi integrada com a rede social Facebook. Membros da rede podiam ver as atualizações dos amigos e comentários instantâneos.


A junção tornava o sítio ao mesmo tempo informativo e pessoal, e a experiência, muito mais vívida. Em um momento marcante como a posse do primeiro presidente negro do EUA, os internautas antenados no sítio da CNN podiam acompanhar as notícias ao mesmo tempo em que viam comentários de conhecidos direto da multidão – que postavam as informações via telefone celular.


‘O que a CNN está fazendo não é algo muito difícil. É simplesmente unir idéias e tecnologias que estão por aqui há algum tempo’, resumiu Saul Hansell em nota no blog Bits, do New York Times [20/1]. ‘A página de política do Twitter, criada para os debates, mostrou como um canal de opiniões curtas pode ser interessante’, completou, citando ainda o serviço Facebook Connect, que transporta a lista de amigos da rede social para outros sítios. ‘A CNN está apenas juntando estas idéias’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem