Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > EUA 2008

Cobertura política cresce com greve dos roteiristas

18/12/2007 na edição 464

Se a greve dos roteiristas de Hollywood se estender até 2008, limitando a programação de seriados e talk shows, as emissoras de televisão dos EUA podem ter na cobertura política um trunfo para o horário nobre. A paralisação pode trazer de volta às redes de TV abertas o tipo de cobertura de campanha há muito restrita à TV a cabo americana. Entre as grandes emissoras, a NBC já anunciou que irá dedicar pelo menos uma hora no horário nobre para a cobertura da chamada ‘Super Tuesday’ em 5/12, dia em que ocorrem 20 eleições primárias no país – para determinar os candidatos democrata e republicano à disputa pela Casa Branca.

Ainda que a programação – cobertura política incluída – já tivesse sido estipulada antes do início da greve dos roteiristas, em 5/11, as redes não descartam a possibilidade de aumentar o tempo de transmissão de notícias na ‘Super Tuesday’ e nas primárias de Iowa e New Hampshire, em janeiro.

A NBC tem como vantagem na cobertura o MSNBC, canal de notícias a cabo que compete com os grandes CNN e Fox News Channel. Portanto, a área responsável pela cobertura política da emissora estará a mil por hora. Enquanto MSNBC, Fox News e CNN planejam uma cobertura especial – e constante – para as primárias, NBC, ABC e CBS terão entradas com informações sobre Iowa e New Hampshire. ‘Se acharmos que é uma notícia importante, colocaremos entradas ao vivo’, diz Steve Capus, presidente da NBC News. ‘Mas ainda é cedo para dizer se isto será necessário’, ressalta. Informações do Hollywood Reporter [11/12/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem