Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

Comentarista preso por fraude financeira

15/02/2005 na edição 316

O comentarista financeiro americano Courtney Smith foi preso na semana passada por participar de um esquema de fraude de US$ 130 milhões no mercado acionário, noticia a Reuters [7/2/05]. Segundo a Securities and Exchange Comission, autoridade securitária dos EUA, ele teria recebido mais de US$ 1 milhão em dinheiro e ações para recomendar a compra de papéis da extinta companhia GenesisIntermedia em programas das emissoras CNBC, CNN, CNNfn e Bloomberg TV, entre 1999 e 2001. Seus comentários fizeram as ações da companhia subirem de US$ 1,67 a US$ 25, antes de despencarem irreversivelmente. O presidente da GenesisIntermedia, o saudita Ramy El-Batrawi, emprestou papéis da empresa a corretoras em troca de US$ 130 milhões, quando ainda estava em ascensão. No entanto, três destas companhias quebraram porque não tinham como pagar o empréstimo, quando as ações caíram.



Antiamericanismo com muito humor

No dia em que George W. Bush foi reeleito, o jornalista francês Frederic Royer decidiu criar o jornal L´Anti-Americain. Bem-humorado, o tablóide faz crítica à política e ao estilo de vida americanos, mas tem o presidente como alvo principal. Como reporta Jamey Keaten, da AP [7/2/05], neste mês, entre outras piadas, a publicação mostra a agenda fictícia do mandatário, onde são anotadas tarefas como ‘perguntar à CIA onde fica a China’. ‘ O nome do jornal é ‘antiamericano`, mas na verdade ele é anti-Bush’, admite Royer. A primeira edição, publicada em dezembro, vendeu 7.500 cópias apenas com propaganda boca-a-boca.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem