Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

MONITOR DA IMPRENSA > WILLIAM SAFIRE

Conservador deixa o Times após 30 anos

23/11/2004 na edição 304

O colunista William Safire, voz conservadora do New York Times por mais de 30 anos, anunciou que deixará de escrever sua coluna fixa na página de Op-Ed (vizinha à página de editoriais do jornal e reservada a textos de opinião) no começo de 2005. O jornalista, de 74 anos, vai trabalhar na Dana Foundation, organização não-lucrativa que apóia pesquisas neurocientíficas e iniciativas nas áreas de arte e educação. Safire participa do grupo há 10 anos e passará a atuar como presidente do conselho em tempo integral. Mesmo assim, ele pretende continuar a escrever para a seção On Language, na revista de domingo do Times.

Safire começou sua carreira em 1949, como repórter do New York Herald Tribune. Foi produtor de rádio e televisão e correspondente do exército. Entre as décadas de 50 e 60, trabalhou em uma firma de relações públicas em Nova York, da qual tornou-se presidente posteriormente. Em 1968, juntou-se à campanha de Richard Nixon, onde escrevia seus discursos. Chegou ao Times em 1973 como colunista político e, em 1978, ganhou um prêmio Pulitzer.

O colunista não se importava em ser uma voz dissonante em uma página comumente recheada de opiniões liberais. ‘O Times disse, no começo desta jornada, que queria ‘um outro ponto de vista’, e foi o que ganhou; seus editores nunca recuaram da proposta ou reclamaram dela’, conta ele. ‘Mas, depois de mais de três décadas de reportagens opinativas na página mais cheia de batalhas políticas do mundo, é hora de aposentar minha machadinha’, brinca.

Safire afirma que, depois de tanto tempo, as mudanças mais significativas na Op-Ed são um maior retorno dos leitores, graças ao e-mail, e uma melhora considerável na escrita. ‘Grande parte da histeria causada pelos artigos na Op-Ed migrou para a TV a cabo. Isso obrigou as páginas opinativas a serem mais diretas. Os escritores têm que afiar seu argumento’, diz ele.

Para o publisher do jornal, Arthur Sulzberger, ‘O New York Times sem Bill Safire é algo inimaginável. Ler sua coluna tornou-se uma parte crítica e prazerosa do dia de nossos leitores em todo o país e ao redor do mundo. Não importa se você concorda com ele ou não. Seus textos são agradáveis, informados e comprometidos. Assim também é o homem que os escreve, que além de ser um colunista de classe, tem sido também um amigo e um colega para uma geração inteira de homens e mulheres do Times.’ Informações de Joe Strupp [Editor & Publisher, 15/11/04] e New York Times [15/11/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem